Explorando a Sibéria: Tomsk

Com mais de 400 anos de história, Tomsk é um antigo centro de educação, ciência e inovação da Sibéria.

Tomsk é o centro administrativo da região homônima, na Rússia central. Uma das mais antigas cidades da Sibéria, Tomsk comemorou seu 400o aniversário em 2004.

Trata-se do mais antigo centro de educação, ciência e inovação da Sibéria, com nove universidades, 15 institutos de pesquisa, seis incubadoras de empresas e uma zona econômica especial de desenvolvimento de tecnologia.

Tomsk foi fundada por um decreto do tsar Boris Godunov, em 1604, após Toyan, o nobre tártaro de Euchta, pedir a proteção do tsar contra saqueadores quirguizes.

O tsar enviou 200 cossacos para construir uma fortaleza na margem do rio Tom, com vista para o que se tornaria a cidade de Tomsk. Toyan cedeu o terreno da construção da fortaleza para o tsar.

Atualmente, Tomsk tem população de cerca de 500 mil habitantes, e uma em cada seis pessoas é estudante, vindos de todas as partes da Sibéria, Ásia Central e até mesmo da porção europeia da Rússia. Por esse motivo, Tomsk tem provavelmente mais falantes de línguas estrangeiras do que qualquer outra cidade siberiana.

Recentemente, a cidade levou o 2º lugar no ranking dos lugares mais confortáveis da Rússia. A combinação de casarões de madeira e alguns edifícios comerciais extremamente antigos e atraentes contrasta com o ritmo moderno de Tomsk hoje em dia.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.