Comunidade judaica de Moscou realizou oração pela paz

Fiéis realizaram oração pela paz em Israel na noite de terça-feira (20), antes do cessar-fogo entre palestinos e israelenses ser anunciado.

O rabino-chefe da Rússia, Berel Lazar, havia pedido para os judeus da capital russa participarem de uma oração na sinagoga no Centro Comunitário Judaico de Moscou em um apelo aberto publicado no site da Federação das Comunidades Judaicas da Rússia.

“A coisa mais importante no mundo para nós é a vida humana, independentemente de sua origem, cor de pele e crenças”, dizia o apelo. “Mas nenhuma nação ou Estado pode deixar os seus cidadãos sem proteção.”

A operação militar vinha ocorrendo desde a semana passada. O governo israelense disse se tratar de uma retaliação após 29 mísseis serem disparados de Gaza, que é governada pelo grupo islâmico Hamas.

A crise provocou vítimas de ambos os lados. Segundo o Ministério da Saúde de Gaza, pelo menos 111 pessoas foram mortas. Do lado israelense, três pessoas também morreram.

Nesta quarta-feira (21) foi anunciado o cessar-fogo entre os militantes palestinos e o Exército de Israel a partir das 21h (17h no horário de Brasília).

Publicado originalmente pelo The Moscow News

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.