Sberbank vai oferecer saque gratuito no exterior

Foto: Getty Images/ Fotobank

Foto: Getty Images/ Fotobank

Gigante estatal Sberbank vai eliminar as tarifas exorbitantes para saques no exterior e introduzir uma política de comissão zero para todos os seus bancos afiliados em países estrangeiros. As perdas poderão ser compensadas pela prestação de serviços adicionais aos clientes russos no exterior, como empréstimos imobiliários para aqueles interessados em comprar propriedades fora do país.

A recente aquisição do banco turco Denizbank e do europeu Volksbank International (VBI) indica uma considerável expansão territorial para colocar o programa em prática.

Atualmente, o grupo Sberbank possui 1.300 escritórios fora da Rússia, em países como Áustria, República Tcheca, Eslováquia, Hungria, Sérvia, Bósnia e Herzegovina, Eslovênia, bem como na Bielorrússia, Cazaquistão, Ucrânia, um departamento na Índia e um escritório de representação na China.

Apenas dois bancos internacionais na Rússia – Citibank e UniCredit Bank – oferecem serviços para clientes do mundo inteiro em seus escritórios locais a uma taxa fixa semelhantes às tarifas praticadas em casa.

“Para um grupo internacional global, sobretudo se for desenvolvido sob uma única marca, esse é o passo certo para tornar-se mais orientado ao cliente”, disse, em entrevista ao “Kommersant”, a chefe do departamento de operação e gestão de produtos de poupança do Absolut Bank, Maria Kokhaniuk.

Dinheiro vivo

Os russos são conhecidos pelo seu apego ao dinheiro físico e pela suspeita em relação a cartões e pagamentos eletrônicos. No primeiro semestre deste ano, quase 52% de todas as operações no país feitas com cartões bancários foram saques em dinheiro, de acordo com informações do Banco Central da Rússia.

O volume total dessas operações movimentou um índice superior a 85% do volume de todas as transações monetárias. Não existem dados disponíveis sobre retirada de dinheiro no exterior.

O programa de comissão zero foi testado na Comunidade de Estados Independentes (composta pelos países da ex-União Soviética), informou o vice-presidente do Sberbank, Serguêi Gorkov, e tem tido sucesso em atrair novos clientes.

Além disso, o Sberbank planeja conceder créditos imobiliários aos russos que desejam adquirir propriedades em países como a República Tcheca, Croácia e Turquia.

“Tanto o VBI como o Denizbank já têm produtos nessa área, e estamos pensando em como podemos combinar as habilidades desses bancos com as necessidades dos nossos clientes”, disse Gorkov ao “Kommersant”.

Publicado originalmente pelo The Moscow News

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.