11 recordes curiosos no Guinness Book

No livro Guinness dos Recordes, a Rússia é o maior país do mundo. E a maioria do seus recordes é conhecida por medidas incomparáveis: a maior floresta do mundo, a maior rede de transporte, a maior tiragem de jornais. Mas existem também recordes engraçados. A Gazeta Russa reuniu os 11 recordes russos mais importantes - ou curiosos - do Guinness Book.

Uma videoconferência com 14.248 pessoas



Foto: wikipedia


Desenvolvido por programadores russos em 2011, um software de alta tecnologia está no Guiness como o que permite realizar videoconferências com o maior número de participantes. Na demonstração do programa, participaram pessoas de sete distritos federais da Rússia e do exterior. O número total de participantes chegou a 14.248. A conversa, imagina-se, foi mais complicada que final de feira.

A maior lavada da história do rúgbi


Foto: Serguêï Tchernykh/RIA Nóvosti

Uma partida de rúgbi entre as seleções da Rússia e da Austrália tornou-se a maior derrota de toda a história. Os russos perderam para a Austrália com um placar final de 4 x 110. A Rússia nunca venceu a seleção australiana depois dessa lavada.

A rede de bondes mais longa do mundo


Foto: wikipedia

A "capital do norte" da Rússia, São Petersburgo, tem a mais longa rede de bondes do mudo, de acordo com o Livro Guinness dos Recordes  de 2002. São 2,6 mil bondes circulando por 64 rotas. Somado, o comprimento total das vias é 690 quilômetros. Os bondes começaram a operar na cidade há 105 anos.

Povoado com temperatura média de -50° C em janeiro


Foto: Flickr / Blogpaedia.

 

Na Iakútia, região do Extremo Oriente russo, a aldeia de Omiakon é considerada o povoado mais gelado do mundo. Essa aldeia é situada entre dois picos de montanhas que bloqueiam o ar quente e o impedem de penetrar no vale. A temperatura média em janeiro é cerca de -50ºC. A temperatura mais baixa registrada no local é cerca de -70ºC.

A maior disparidade de votos entre candidato


Foto: wikipedia / tass.

Em 1989, nas eleições para deputado do povo no Conselho Supremo do distrito eleitoral de Moscou, Boris Iéltsin saiu na dianteira com uma vantagem eleitoral nunca vista antes - nem depois! Foram 4.726.112 eleitores apoiando sua candidatura, enquando seu adversário recebeu menos de 400 mil de votos.

 

Um jornal diário com 22 milhões de cópias


Foto: wikipedia

Em maio de 1990, foram impressas 22 milhões de cópias do jornal Komsomólskaia Pravda. O recorde não foi batido até hoje. O diário Komsomólskaia Pravda foi fundado em 1925, e foi o primeiro jornal a ser agraciado com a Ordem Lênin (nº 000 001). Até os dias atuais o Komsomólskaia Pravda é o maior jornal russo. 

Um peixe que vale US$ 289 mil: história de pescador?


Foto: Flickr / landahlaust.  

Há 80 anos, pescadores locais fisgaram um esturjão de 1.277 quilos no rio Tíkhaia Sosná  (na Rússia Central, região de Bélgorod). Desse esturjão, que mais parece papo de pescador, foram extraídos cerca de 245 quilos de caviar, que renderiam hoje US$ 289 mil. É o peixe mais caro do mundo, segundo o Livro dos Recordes.

O maior edifício universitário do mundo


Foto: flickr / r-z.

 

O prédio da Universidade Estatal de Mocou Lomonosov (MGU, na sigla em russo) é o maior edifício universitário do mundo. A altura do corpo principal da universidade de 32 andares é de cerca de 240 metros. No interior do edifício há 40 mil salas de aulas, salas de reuniões e instalações administrativas e tecnológicas.

Uma catedral de 8.000 metros quadrados


Foto: Flcikr / Hugo Grandio.

Outra gigante é a Catedral de Cristo Salvador, também na capital russa. É a maior catedral ortodoxa do mundo. Sua altura é de 103 metros, e ela tem área total de 8.000 metros quadrados. A área total do complexo é cerca de 70 mil metros quadrados.

O maior lago do mundo


Foto: Flickr / tutam.


O lago Baikal, na Sibéria, é o mais profundo do mundo, chegando a 1.642 metros de profundidade em determinadas áreas. Depois dele, o segundo lago mais profundo do planeta é o Tanganica, na África Central, com cerca de 200 metros de profundidade. O Baikal é também o lago mais antigo (tem de 20 a 25 milhões de anos de idade) e o maior reservatório de água doce do planeta. Se suas águas fossem distribuídas entre todos os habitantes da Rússia (142 milhões de pessoas), cada um receberia 2.773 barris com 60 toneladas de água cada.

Uma floresta que se estende por 9.000 km



Exibir mapa ampliado


A taiga siberiana é a maior floresta do planeta. Começando na parte europeia da Rússia, ela estende-se sobre o Golfo da Finlândia, os Urais, Altái e chega até o Extremo Oriente. O comprimento da taiga é cerca de 9.000 quilômetros. Quase 45% do território russo é ocupado por florestas, que constituem mais de 20% das reservas mundiais de madeira.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.