Um Halloween sem travessuras

Foto: Lori / Legion Media

Foto: Lori / Legion Media

Aquela abóbora do Dia das Bruxas pode ganhar novo destaque sobre sua mesa com duas receitas de kacha que a Gazeta Russa traz para você.

Minha filha Velvet era uma das pessoas mais enjoadas para comer, limitando-se a consumir apenas cereais. O desespero e tomava conta de três faxineiras e uma babuchka! A única exceção de Velvet todos anos era a abóbora com kacha de milhete (ou trigo sarraceno), feita com a polpa retirada da abóbora que comprávamos para decoração de Halloween, também conhecido como o Dia das Bruxas.

A ideia e a receita foram dadas a mim por um mulher alegre na Leningradski Rinok, que costumava guardar para nós abóboras inteiras e redondinhas todo mês de outubro. Quando me aproximei dessa senhora pela primeira vez perguntando por abóboras inteiras em vez daquelas vendidas em pedaços, ela ficou bastante curiosa.

 “Você vai preparar kacha de milhete ou trigo sarraceno cozido em uma abóbora”, perguntou a senhora.

 “Não”, respondi confusa. “Na verdade, vou tirar todo o miolo, esculpir uma cara assustadora nela e botar uma vela dentro.”

Ela me olhou como se eu estivesse possuída pelo demônio. Expliquei que isso era um costume da festa de Halloween nos Estados Unidos. Ela me olhou com dúvida e perguntei a ela o que queria dizer com aquele prato.

A senhora então me explicou que na “Rússia Antiga” (o que, na ideia dela, soava como qualquer período antes de 1945) cozinhava-se kacha de milhete ou trigo sarraceno dentro de uma abóbora, um prato que gozava de destaque em qualquer encontro festivo, sobretudo no outuno.

Uma semana após o Halloween, quando nossa abóbora já tinha desmoronada e consignada ao lixo, meu amigo do mercado chegou com uma abóbora inteira pequena nos encorajando a testar a receita.

O resultado foi um prato doce, cremoso e decorativo, que até mesmo Velvet apreciou. Comecei a comprar pedaços de abóbora para experimentá-la com versões diferentes de abóbora e kacha de milhete ou trigo sarraceno, ambos alimentos versáteis que podem ser reforçados com combinações de sabor bem sucedidas.

As duas receitas a seguir se mostraram sucesso até mesmo com aquelas pessoas mais enjoadas par comer. Isso é prova de que elas são boas e podem ser servidas ao longo do ano inteiro – e não só no Halloween!


Infográfica:


Abóbora doce & Kacha de milhete 


Ingredientes:


1-1/2 xícaras de abóbora assada (amassada ou em pequenos cubos)

1 xícara de milhete ou trigo sarraceno

2 xícaras de leite

1/3 xícara de mel ou açúcar mascavo

¾ xícara de tvorog (queijo cremoso russo, pode ser substituído por requeijão)

1 pitada de sal

1 colher de chá de canela

1 colher de chá de pimenta-da-jamaica moída

1 xícara de passas ou groselha fresca

3 colheres de doca de manteiga sem sal

2 colheres de sopa de açúcar demerara ou açúcar mascavo cristal


Modo de preparo:

1.  Pré-aqueça o forno a 160°C

2.  Lave os grãos de milhete ou trigo sarraceno em uma peneira sob água fria por um minuto. Reserve para secar.

3.  Coloque o milhete (ou trigo sarraceno) seco em uma panela de ferro sobre fogo médio e deixe os grãos torrarem por alguns minutos até que comecem a dourar.

4.  Adicione a abóbora e mexe bem. Acrescente o leite e cozinhe até que comece a dar sinais de fervura. Coloque então o mel (ou açúcar), sal e as especiarias, e mexa até que o mel se dissolva na mistura.

5.  Tampe e reduza a temperatura. Cozinhe por aproximadamente 15 minutos até que o milhete (ou trigo sarraceno) tenha absorvido quase todo o líquido.

6.  Junte o tvorog e as passas. Espalhe um pouco de manteiga sobre a kacha e polvilhe a parte superior com um pouco de açúcar mascavo cristal ou demerara. Cubra a panela e coloque no forno pré-aquecido por 15 a 20 minutos.


Inforgáfica:


Abóbora & Kacha de milhete com sálvia e tomilho


Ingredientes:


1-1/2 xícaras de abóbora assada (amassada ou em pequenos cubos)

2-1/2 xícaras de caldo de galinha

4 colheres de sopa de manteiga, divididas em duas porções iguais

1 xícara de milhete ou trigo sarraceno

1 cebola média, descascada e picada

1 colher de sopa de açúcar

½ colheres de chá de noz moscada

2 colheres de chá de sal

3 colheres de sopa de sálvia fresca picada

2 colheres de sopa de tomilho fresco picado

¼ xícara de sour cream (ou coalhada fresca)

Modo de preparo:


1.  Pré-aqueça o forno a 160°C.

2.  Lave os grãos de milhete ou trigo sarraceno em uma peneira sob água fria por um minuto. Reserve para secar.

3.  Derreta 2 colheres de sopa de manteiga em uma frigideira sobre fogo médio e refogue a cebola. Depois de 2 minutos, quando a cebola começarem a amolecer, acrescente o açúcar e a noz-moscada e continue a refogar até que as cebolas fiques douradas, translúcidas e bem macias. Reserve.

4.  Coloque uma panela de ferro ou barro em fogo médio e tore os grãos de milhete (trigo sarraceno) secos por três minutos até que comecem a dourar. Adicione as cebolas cozidas, sal e abóbora cozida, mexendo para misturar.

5.  Adicione o caldo de galinha aos poucos, mexendo sem parar. Quando tiver acrescentado todo o caldo de galinha, deixe a mistura sobre o fogo até começar a ferver; então, reduza o fogo, tampe e cozinhe por 10 a 15 minutos, até que o milhete (trigo sarraceno) tenha absorvido quase todo o líquido.

6.  Acrescente a sálvia, o tomilho e o sour cream, misturando todos os ingredientes. Espalhe a superfície da kacha com as duas colheres de manteiga restantes, e depois cubra e coloque no forno pré-aquecido por 20 minutos.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.