Unesco premia cientistas russos por contribuição em nanotecnologia

A Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) homenageou um grupo de cientistas russos com medalhas por sua contribuição para o desenvolvimento da nanotecnologia. A cerimônia de entrega das medalhas foi realizada na sede da organização internacional em Paris.

“Esse evento é um marco importante no histórico da organização”, disse a diretora-geral da Unesco, Irina Bókova, durante a cerimônia de entrega das medalhas. “A nanotecnologia está hoje na vanguarda da ciência moderna e tem um papel cada vez mais importante na solução dos problemas da humanidade”, completou.

As medalhas da Unesco foram atribuídas ao acadêmico Evguêni Vélikhov, presidente do Instituto Kurchátov, Petr Luskinóvitch, executivo da empresa Tecnosistema, e Vadim Chakhnov, membro correspondente da Academia de Ciências da Rússia e chefe de departamento da Universidade Tecnológica N. Bauman.

O membro correspondente da Academia de Ciências Naturais da Rússia, Aleksandr Chesnokov, também foi homenageado por seus esforços na difusão da nanotecnologia, assim como o cientista alemão Dieter Bimberg e o físico russo Vladímir Chaláev, representando os EUA.

“Antigamente viajava muito para os centros científicos dos EUA; hoje em dia, vou cada vez mais à Rússia para trocar experiências”, disse o cientista alemão.

Diretor do Instituto do Estado Sólido da Universidade Tecnológica de Berlim, Bimberg foi eleito para o conselho consultivo do centro de inovação Skôlkovo, conhecido como Vale do Silício russo, juntamente com o acadêmico Evguêni Vélikhov.

“A nanotecnologia é um ramo que sintetiza a experiência e realizações dos demais ramos da ciência”, disse Vélikhov. “Agora a ciência está retornando a suas raízes, a uma época quando todos os seus ramos estavam integrados”, acrescentou o acadêmico, acentuando o papel importante da Unesco nesse processo.

A medalha pela “Contribuição para o desenvolvimento da nanociência e nanotecnologia” foi criada por iniciativa da biblioteca virtual dinâmica “Enciclopédia dos Sistemas de Sustentação de Vida”, produzida em colaboração com a Unesco.

Originalmente publicado pela agência de notícias ITAR-TASS

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.