MegaFon vai realizar IPO de US$ 4 bi

Foto: msk.corp.megafon.ru

Foto: msk.corp.megafon.ru

MegaFon, uma das três maiores operadoras de celular da Rússia, pretende realizar um IPO (oferta pública inicial de ações, na sigla em inglês) em Moscou e Londres no quarto trimestre deste ano, em uma emissão de títulos que pode valer até US$ 4 bilhões.

A MegaFon tem a intenção de vender até 20% de suas ações. A companhia irá oferecer ações comuns na MICEX-RTS, maior bolsa de valores da Rússia, além de ações comuns e recibos de depositários globais (GDRs, na sigla em inglês) na Bolsa de Valores de Londres.

A gigante de telecomunicações finlandesa e sueca TeliaSonera planeja vender 10,6% das ações da MegaFon sob a condição se reter 25% mais 1 ação na empresa enquanto outros 9,4% serão oferecidos pela MegaFon Investments, uma subsidiária da MegaFon.

“Conforme originalmente anunciado em 24 de abril, dependendo dos resultados do IPO, a TeliaSonera pode reduzir seu atual domínio de 35,6% e ainda manter uma participação estratégica de longo prazo de, pelo menos, 25% mais 1 ação na MegaFon após o IPO”, declarou a empresa.

A MegaFon vai usar as receitas provenientes do IPO para repagar passivos circulantes e gastar os fundos com necessidades gerais da empresa, incluindo desenvolvimento e expansão de rede.

O banco de investimento Morgan Stanley e o CIB do Sberbank (ex-corretora Troika Dialog) foram apontadas como os coordenadores globais do IPO, embora os bancos Citibank, Credit Suisse e VTB Capital irão atuar coordenadores conjuntos da operação.

O diretor-executivo da MegaFon, Ivan Tavrin, disse que o atual ambiente de mercado era o momento mais apropriado para o IPO, que irá representar um novo estágio no desenvolvimento da empresa.

Originalmente publicado pela agência de notíciasRIA Nóvosti

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.