Caminhos da história da Inguchétia

Inguchétia – uma rota através da história.

A República da Inguchétia, no norte do Cáucaso, com sua capital Magas, realmente é a menor república autônoma da Rússia. Mas guarda planos grandiosos e arrojados.

Com uma história rica e antiga, além de paisagens montanhosas vastas e pitorescas, a república espera atrair turistas com o esqui alpino, turismo e esportes radicais, panoramas espetaculares do alto das montanhas e estradas sinuosas.

A Inguchétia faz fronteira com a Geórgia ao sul e seus vizinhos russos são a Tchetchênia e a Ossétia do Norte. A esmagadora maioria da população é muçulmana. O presidente dessa república, Yunus-Bek Yevkurov, ficou gravemente ferido num ataque suicida a bomba, em junho de 2009. Ele passou dois meses em recuperação num resort, perto de Moscou, depois voltou para casa prometendo travar uma luta “impiedosa” contra os terroristas.

A população da Inguchétia e da chetchênia tem laços históricos, culturais e linguísticos próximos. Parte do Império Russo desde o início do século 19, a Inguchétia foi anexada à Tchetchênia na administração soviética, em 1936, quando consistia em cerca de um quinto da República Autônoma da Tchetchênia-Inguchétia no território russo. Atualmente, as fronteiras da Inguchétia com a Tchetchênia raramente são visitadas por turistas em função de sua suposta insegurança.

De qualquer modo, pouco a pouco, a vida rural tradicional e pacífica vai reconquistando esses locais.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.