Cientista descobre vermes luminosos na Sibéria

Estudo para determinar razões da luminescência tentará esclarecer funcionamento desses microrganismos.

O colaborador científico principal do Instituto de Biofísica da sucursal siberiana da Academia de Ciências da Rússia, Valentin Petutchkov, descobriu uma espécie de vermes e fungos luminosos na taiga da Sibéria.

Petutchkov está atualmente tentando desvendar o segredo de sua luminescência.

O biólogo japonês Osamu Shimomura, ganhador do Prêmio Nobel de Química em 2008, expressou o desejo de patrocinar o trabalho de Valentin Petutchkov.

Além disso, graças a um financiamento ganho pelos cientistas de Krasnoiarsk, a Sibéria passará a dispor de um laboratório de biotecnologia de primeira ponta.

Originalmente publicado no site Voz da Rússia

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.