País quer tecnologia para prevenir população

Governo russo pretende usar satélites e rede para alertar população sobre situações de emergência.

O premiê russo Dmítri Medvedev informou nesta quinta-feira (4) que a Rússia planeja usar sistemas de monitoramento via satélite e tecnologias de rede modernas para a previsão de situações de emergência.

"A previsão é um aspecto extremamente importante do conjunto medidas para evitarmos situações de emergência. Assim, vamos implantar um sistema de monitoramento por satélite e tecnologias de rede modernas”, declarou Medvedev em reunião governamental.

“Equipar-nos com tecnologia é importante mas não é uma remédio para todos os males. Não é menos importante haver profissionais experientes e altamente competentes capazes de assumir a responsabilidade pela missão confiada", completou.

Para ele, o governo deve dar continuação à melhoria do sistema de controle de catástrofes e usar os meios de comunicação mais modernos para alertar a população.

"As pessoas precisam saber como serão informadas sobre um desastre para poderem agir sem pânico em situações extremas",  disse Medvedev.

O primeiro-ministro também relembrou as enchentes que tomaram a região de Krasnodar, no sul do país, em julho deste ano.

Para ele, o desastre mostrou o quanto o trabalho com a população em uma situação do gênero depende de boa comunicação e organização.

Para ter acesso ao texto original em russo, clique

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.