Rússia deixa Brasil para trás no ranking da FIFA

“A equipe russa sob o comando novo técnico italiano Fabio Capello (na foto) realizou uma série de jogos de sucesso”. Foto: TASS

“A equipe russa sob o comando novo técnico italiano Fabio Capello (na foto) realizou uma série de jogos de sucesso”. Foto: TASS

Lançado nesta quarta-feira (3), ranking tem russos em 12° lugar, dois à frente de brasileiros.

A divulgação do ranking da Fifa na última quarta-feira (3) trouxe surpresas: enquanto a seleção russa de futebol, com 1.014 pontos, ganhou uma posição, alcançando o 12° lugar, o Brasil caiu para 14°. 

“A equipe russa sob o comando novo técnico italiano Fabio Capello realizou uma série de jogos de sucesso”, disse à Gazeta Russa comentarista esportivo Timur Ganeev.

A equipe venceu a Irlanda do Norte (2-0) em 7 de setembro e Israel (4-0) em 11 de setembro. As vitórias foram importantes para a guinada russa no ranking. 

Top 20 do ranking Fifa:

 

1º Espanha 1611 pontos

2º Alemanha 1459

3º Portugal 1259

4º Argentina 1208

5º Inglaterra 1196

6º Holanda 1141

7º Uruguai 1140

8º Itália 1106

9º Colômbia 1102

10º Grécia 1029

11º Croácia 1023

12º Rússia 1014

 13º França 1011

14º Brasil 1001

 15º Suíça 983

16º Costa do Marfim 951

17º Chile 948

18º Dinamarca 944

19º México 925

20º Equador 902

Já as vitórias da seleção brasileira no mês passado sobre África do Sul, China e Argentina não ajudaram a impedir a queda da equipe de Mano Menezes na classificação. Os brasileiros ganharam apenas 1.001 pontos. 

“A equipe do Brasil não participa das eliminatórias da América Latina, como é o anfitriã da Copa do Mundo, e só pode ganhar os pontos da Fifa com os amistosos. Assim, o resultado não é muito inesperado”, explica Ganeev.  

Desde a criação do ranking de equipes nacionais da Fifa, em agosto de 1993, a seleção brasileira nunca havia ocupado uma posição tão baixa.

A 12º posição não é a melhor que a seleção russa já teve. Com bons resultados no Campeonato  Europeu em 2008, os russos conseguiram o terceiro lugar do ranking. Sua pior colocação aconteceu em 1998, quando a Rússia fcou em 40º lugar.

Uma das maiores surpresas do novo ranking foi o retorno da Colômbia às dez primeiras posições após uma década. O feitio se deu graças às vitórias contra o Chile e o Uruguai nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2014.

Na liderança ficou a Espanha, com 1.611 pontos, seguida por Alemanha, Portugal, Argentina e Inglaterra. A França está em 13º lugar, entre Brasil e Rússia.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.