Teatro Rossia reabre as portas aos musicais

Edifício do cinema Puchkinski na epoca soviética. Foto: RIA Nóvosti

Edifício do cinema Puchkinski na epoca soviética. Foto: RIA Nóvosti

Anteriormente conhecido como cinema Puchkinski, o teatro Rossia, em Moscou, foi oficialmente inaugurado após meses de reforma. Em 6 de outubro, o espaço reabrirá para o público com a estreia do espetáculo musical “A Pequena Sereia”.

 O prefeito de Moscou, Serguêi Sobiânin, assistiu ao ensaio do musical “A Pequena Sereia” e compareceu à cerimônia de inauguração, onde conversou com Dmítri Bogachev, diretor-geral da empresa responsável pela restauração Stage Entertainment. 

“Devolvemos o aspecto original do edifício”, disse Bogachev na ocasião. A fachada do prédio foi reparada e foram retirados todos os elementos decorativos do casino que antes funcionava no local.

O espaço interior também sofreu algumas modificações. O palco recebeu uma estrutura metálica capaz de suportar cerca de 25 toneladas de cenário e equipamentos. Além disso, a plateia foi erguida cerca de 1,5 metro para que o público possa enxergar melhor o espetáculo.

Em 6 de outubro, o teatro Rossia abrirá as portas ao público com a estreia do musical “A Pequena Sereia”. “Acho que esse espetáculo é excelente e será um dos mais populares entre o público”, comentou Sobiânin, após conversar com o elenco do musical.

De volta às origens

O edifício do teatro Rossia foi construído na praça Púchkin, em 1961, para ser a maior sala de cinema da Europa e serviu, durante muitos anos, de palco para os principais eventos do Festival de Cinema de Moscou.

Em 1997, o espaço foi alugado pela empresa de cinema Karo-Film, que reformou a estrutura e mudou seu nome para Puchkinski. Mais tarde, a Karo-Film comprou o edifício inteiro.

Com o tempo, o cinema Púchkinski foi se tornando pouco adequado para receber eventos. Por esse motivo, o Festival de Moscou acabou sendo transferido para o cinema Oktiábr na década de 2000.

Neste ano, o prédio foi alugado por cinco anos pela empresa alemã Stage Entertainment, responsável por produções russas de musicais internacionais, como “Cats”, de Andrew Lloyd Webber, “A Bela e a Fera”, “The Sound of Music” e “Mamma Mia”.

A nova direção tem expectativa de que o Festival de Cinema de Moscou volte a usar o espaço para as cerimônias de abertura e encerramento do evento.

“Queremos que [o diretor do Festival] Nikita Mikhalkov dê continuidade a essa tradição. Temos experiência na área com outro teatro nosso na Alemanha. O espaço localizado na praça Potsdamer abriga anualmente o Festival de Cinema de Berlim”, diz Bogachev.

Matéria composta por informações dos veículos Moskovskie Nóvosti e Rossiyskaia Gazeta

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.