Empresa russa entra para Top 10 dos produtores de software de segurança, revela IDC

Diretor da Positive Technologies atribui sucesso à atuação em ambientes internacionais e competitivos. Foto: Divulgação

Diretor da Positive Technologies atribui sucesso à atuação em ambientes internacionais e competitivos. Foto: Divulgação

Diretor da Positive Technologies atribui sucesso na pesquisa da Internacional Data Corporation (IDC) à atuação em ambientes internacionais e competitivos.

Em uma comparação feita pela empresa de análise em inteligência de mercado IDC, a companhia russa Positive Technologies, com 2% do mercado mundial e US$ 16 milhões de receita, entrou pela primeira vez no Top 10 do ranking de rendimento.

A IDC divide sua classificação em duas vertentes. A empresa russa está entre as dez primeiras no segmento de avaliação de vulnerabilidades, estimado pela IDC em US$ 800 milhões no ano de 2011. O estudo só considerou as receitas obtidas com a venda de software de detecção e eliminação de vulnerabilidades na infraestrutura de TI do cliente.

O diretor-geral da Positive Technologies, Iúri Maksimov, confirmou a notícia e atribuiu seu sucesso às intensas atividades internacionais de sua empresa nos últimos 18 meses.

“Entendemos que limitar as atividades de nossa empresa ao mercado local é um beco sem saída. Para fabricar produtos de qualidade, devemos atuar em ambientes de alta concorrência”, disse Maksimov.

“Temos quase certeza de que no próximo ano subiremos alguns degraus no ranking da IDC”, completou.

A primeira posição da lista ficou com a IBM, que acumula 10% do mercado no segmento de avaliação de vulnerabilidades, e o segundo lugar foi para HP, com 8%.

Leia a versão completa do artigo em russo no site Cnews 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.