200 anos de história: exército de Napoleão retorna a Borodinó

Pessoas de muitos países europeus e até mesmo dos EUA e Canadá participaram do evento de reconstituição. Um dos participantes que chegou à Rússia de Lorraine, no norte da França, disse que “os nomes de soldados comuns foram esquecidos”. Segundo ele, “só conhecemos os nomes de marechais e generais. A encenação deve ajudar a relembrar todos aqueles que participaram dessa batalha famosa e prestar uma homenagem a eles”.

Pessoas de muitos países europeus e até mesmo dos EUA e Canadá participaram do evento de reconstituição. Um dos participantes que chegou à Rússia de Lorraine, no norte da França, disse que “os nomes de soldados comuns foram esquecidos”. Segundo ele, “só conhecemos os nomes de marechais e generais. A encenação deve ajudar a relembrar todos aqueles que participaram dessa batalha famosa e prestar uma homenagem a eles”.

Ruslan Sukhúshin
Neste ano, a Rússia comemora o 200° aniversário da Guerra Patriótica de 1812 e sua vitória sobre o exército francês comandado por Napoleão.