Ativista do Greenpeace é detido por protestar em frente à sede da Gazprom, em Moscou. Iniciativa da gigante petrolífera de explorar o Ártico está gerando revolta de ambientalistas russos e internacionais Foto: AP

Ativista do Greenpeace é detido por protestar em frente à sede da Gazprom, em Moscou. Iniciativa da gigante petrolífera de explorar o Ártico está gerando revolta de ambientalistas russos e internacionais Foto: AP

Ativista do Greenpeace é detido por protestar em frente à sede da Gazprom, em Moscou. Iniciativa da gigante petrolífera de explorar o Ártico está gerando revolta de ambientalistas russos e internacionais Foto: AP 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies