Zenit aposta em Hulk para Liga dos Campeões

Contrato de Hulk com o Zenit deve durar cinco anos. Foto: Legion Media

Contrato de Hulk com o Zenit deve durar cinco anos. Foto: Legion Media

Os clubes russos da primeira divisão tiveram seis dias para reforçar suas equipes, antes que a janela de transferências do mercado europeu fechasse no último domingo (2). Os especialistas e a torcida, que já estavam impressionados com os valores astronômicos das compensações pagas pela transferência de Javi Martínez (€ 40 milhões, isto é, cerca de R$ 100 milhões) e Luka Modric (€ 42 milhões ou quase R$ 105 milhões), tiveram uma nova surpresa ao receber a notícia da contratação do brasileiro Hulk pelo Zenit, de São Petersburgo.

As notícias sobre as transações no mercado europeu invadiram as páginas de jornais esportivos mundo afora. Mas uma delas ganhou destaque nos principais veículos russos e internacionais: a contratação do atacante brasileiro Hulk pelo Zenit, clube de São Petersburgo. O motivo de euforia não teria sido tão grande se o valor da transferência não girasse em torno dos 55 milhões de euros (cerca de R$ 137,5 milhões).

A contratação de Hulk entrou, assim, para o rol das mais caras da história do futebol internacional e é a mais dispendiosa do futebol russo. A transação só ficou atrás das transferências de Fernando Torres (€ 58,5 milhões), Luís Figo (€ 60 milhões), Kaká (€ 65 milhões), Zlatan Ibrahimovic (€ 69,5 milhões), Zinedine Zidane (€ 73,5 milhões) e Cristiano Ronaldo (€ 94 milhões), dividindo o sétimo lugar com a de Crespo, transferido pelo mesmo valor para o Lazio no ano 2000.

Foi um bom negócio?


“O Zenit ganhou um excelente jogador”, afirma o renomado especialista russo em futebol e o melhor futebolista soviético de 1972, Evguêni Lóvtchev. “Não me refiro ao dinheiro, mas Hulk irá demonstrar na Rússia o mesmo desempenho de sua carreira em Portugal. O Zenit precisava de um reforço na próxima rodada da Liga dos Campeões”, acrescenta Lóvtchev.

Outro destacado especialista em futebol, Vladímir Abrámov, concorda que Hulk é um jogador de nível internacional. “Mas se o Zenit não conseguir passar da fase de grupos na Liga dos Campeões, esse assunto será objeto de polêmica durante muito tempo”, diz o especialista.

O comentarista do Sky Sports, Gianluca Di Marcio, não compartilha a alegria geral com a recente transação. “A transferência do atacante brasileiro para o Zenit é um passo para trás tanto para o clube quanto para o jogador.”

Segundo ele, com esse dinheiro o Zenit poderia ter comprado três ou quatro jogadores tão bons quanto e reforçar, assim, todas as suas áreas problemáticas. “Hulk, por sua vez, que era alvo de interesse do Chelsea, dificilmente conseguirá jogar nos melhores campeonatos da Europa”, garante o comentarista.

“Com todo o respeito pela primeira divisão do futebol russo, por enquanto, os jogadores só vão à Rússia em busca de dinheiro. A situação pode mudar em uns 10 anos, mas, até lá,  Hulk não será mais um jogador forte”, arremata Gianluca Di Marcio. 


“A contratação do atacante brasileiro foi feita em condições muito favoráveis”, diz o presidente da equipe russa, Aleksandr Dukov. “Os pagamentos serão distribuídos ao longo de três anos, sem necessidade de aumentar o orçamento do clube”, adianta.

Hulk atende às ambições do Zenit não só em campos nacionais, mas também em campeonatos internacionais. “Estamos mais do que nunca focados em dar um passo à frente na Liga dos Campeões e conquistar o primeiro lugar no campeonato russo”, completa Dukov.

O atacante brasileiro irá faturar cinco milhões de euros por ano (cerca de R$ 12,5 milhões) para vestir a camisa 29 do clube peterburguense. “Inicialmente queria a camisa 12, mas me disseram que esse número pertence à torcida. Meu amigo [cantor e compositor] Dorgival Dantas me aconselhou a escolher o número 29, dizendo ser um número especial”, descreve Hulk.

Saudade da terrinha


Ainda na última segunda-feira (3), o novo reforço do Zenit havia jurado seu amor pelo clube português Porto, onde tinha mais quatro anos de contrato. Mas a proposta feita pelo Zenit agradou a todas as partes.

“De repente o meu empresário disse que o Zenit estava acertando com o Porto”, conta Hulk.

A equipe portuguesa vai receber 40 milhões de euros (cerca de R$ 102 milhões) pela transação, dois quais seis milhões de euros serão pagos ao fundo que detinha 15% dos direitos esportivos do atleta e 2,5 milhões, ao fundo de solidariedade.

“Essa é mais uma vitória em minha vida”,  diz  Hulk. “Mas agradeço ao Porto por ter aberto as portas da Europa para mim. Fui muito feliz em Portugal. Agora quero seguir a mesma direção e conquistar muitos títulos para o Zenit”, finaliza o atacante.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.