O boom dos jogos eletrônicos

O número de usuários dos games ultrapassou os 40 milhões. Foto: TASS

O número de usuários dos games ultrapassou os 40 milhões. Foto: TASS

Mercado russo de jogos para computador deve crescer 90% nos próximos três anos. Versões on-line serão o principal motor das vendas.

O lançamento de jogos russos em plataformas internacionais não só é um fenômeno raro, como o mercado interno está cheio de produções de desenvolvedores estrangeiros.

Dos onze principais projetos on-line para clientes do Mail.ru Group, uma das maiores empresas de internet na Rússia, cinco foram feitos na China e três na Coreia do Sul.  

Ainda assim, o mercado de novos jogos on-line na Rússia está em constante crescimento. A profusão de laptops e a redução dos custos dos smartphones fizeram com que, atualmente, em qualquer vagão do metrô de Moscou, seja possível encontrar pessoas imersas em celulares ou tablets, matando o tempo com joguinhos.

O número de usuários dos games ultrapassou os 40 milhões. No início desta década, o volume do mercado russo de jogos de computador era calculado, no total, em 540 milhões de dólares.

Nos próximos três anos, ele vai crescer até 1,5 bilhões, segundo expectativa dos especialistas da empresa Electronic Arts.

Impulso on-line

Nos últimos dez anos, o agitado crescimento de novos mercados na América do Sul, Sudeste Asiático e em uma série de países da Europa Central e Oriental levou a alterações sistêmicas.

As melhorias de conexão à internet, tanto nos computadores como em celulares, associada à maior possibilidade dos cidadãos consumirem entretenimento, inclusive jogos on-line, impulsionou o crescimento desse mercado.

De acordo com os dados do ano passado, ele ficou em terceiro lugar no segmento do entretenimento na Rússia, perdendo apenas para o cinema e para a indústria de shows. A previsão é que a tendência seja mantida, avaliam os analistas do Mail.ru Group.

Os especialistas concordam que o crescimento explosivo da indústria dos games na Rússia será garantido pelo setor on-line. “Esse movimento tem se tornado cada vez mais estável”, afirmam.

Os analistas da consultoria J'son & Partners Consulting calcularam que, em 2011, o volume do mercado russo de jogos on-line somou cerca de US$ 670 milhões, o equivalente a 3% do mercado mundial.

No período 2010-2011, esse segmento aumentou quase 200%, enquanto o segmento dos jogos off-line sofreu uma grande queda.

A Microsoft, por exemplo, há pouco apresentou as contas do primeiro trimestre de 2012. Embora a empresa como um todo tenha registrado um valor recorde, o departamento Entertainment and Devices, em que entram os negócios do Xbox, não foi tão bem.

A receita dessa divisão, com US$ 1,6 bilhões, caiu 16,5% em comparação com período análogo do ano passado e os prejuízos chegaram a US$ 229 milhões. 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.