Canal muçulmano vai focar em educação religiosa

O AL-RTV, que deve começar a funcionar no final de agosto, foi fundado por iniciativa de dirigentes de grandes organizações muçulmanas, com o apoio de órgãos do poder federal. Foto: RIA Nóvosti

O AL-RTV, que deve começar a funcionar no final de agosto, foi fundado por iniciativa de dirigentes de grandes organizações muçulmanas, com o apoio de órgãos do poder federal. Foto: RIA Nóvosti

O primeiro canal social muçulmano da Rússia, o Al-RTV, deve conquistar a juventude com um conteúdo profundo, e não com programas que ensinam a confeccionar tubeteikas (chapéu típico da Ásia Central) ou preparar pratos típicos.

De acordo com Damir Mukhetdinov, um membros do conselho social e editorial do canal e primeiro vice-presidente da Organização Religiosa dos Muçulmanos da Parte Europeia da Rússia, o AL-RTV será direcionado, principalmente, para o público jovem.

“Tanto no Cáucaso quanto na Rússia, há grande quantidade de habitantes muçulmanos, e aqueles que chegam da Ásia Central e do Cáucaso são, basicamente, pessoas jovens. Por isso, será dada ênfase justamente à educação e à disseminação de valores morais e espirituais”, afirma Mukhetdinov.

Ainda segundo o membro do conselho, o canal não pretende focar em questões etnográficas. “Ao contrário de outros canais russos que ensinavam a preparar peremiatch [prato tártaro], tocar acordeão e balalaica, ou confeccionar tubeteika e trajes muçulmanos, a ideia é dar destaque a questões espirituais na programação.”

O AL-RTV, que deve começar a funcionar no final de agosto, foi fundado por iniciativa de dirigentes de grandes organizações muçulmanas, com o apoio de órgãos do poder federal.

No Conselho Social do novo canal, entre outros, está o presidente do Conselho dos Muftis da Rússia e da Organização Religiosa dos Muçulmanos da Parte Europeia da Rússia, Ravil Gainutdin. A programação do canal será montada de acordo com os princípios da televisão social.

Para mais detalhes, acesse Rosbalt.ru

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.