Não vamos participar de corridas armamentistas, diz Pútin

Vladímir Pútin realizou uma reunião sobre a implementação dos programas do equipamento das forças nucleares estratégicas e as tropas de defesa aeroespacial. Foto: kremlin.ru

Vladímir Pútin realizou uma reunião sobre a implementação dos programas do equipamento das forças nucleares estratégicas e as tropas de defesa aeroespacial. Foto: kremlin.ru

Apesar do anúncio, presidente russo ressalta a eficácia das armas nucleares e forças de defesa aeroespacial do país.

Nesta quinta-feira, o presidente Vladímir Pútin declarou que a Rússia não vai participar de corridas armamentistas.

“Mas isso não impõe dúvidas sobre a eficácia das armas nucleares e forças de defesa aeroespacial russa”, declarou o presidente durante uma reunião sobre a implementação do programa estatal de armamento.

Pútin acrescentou que todos os países que possuem armas nucleares e meios de ataque aeroespacial “desenvolvem ativamente sistemas de controle e aumentam a eficácia em termos de inteligência e vigilância nacional”.

“O sistema de defesa aeroespacial deve estar sempre pronto para o combate e cooperação com outros tipos de tropas”, disse o presidente.

Vladímir Pútin confirmou, entretanto, que o país pretende criar um sistema defesa aeroespacial unificado cujo objetivo será executar tarefas de prevenção, detecção, eliminação e proteção.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.