TNK-BP participará de construção de Nord Stream

Foto: Reuters / Vostock-Photo

Foto: Reuters / Vostock-Photo

Companhia russo-britânica estuda possibilidade de parceria com Nord Stream AG na construção de quarto ramal.

A companhia russo-britânica TNK-BP declarou nesta terça-feira, 3, que vai estudar a possibilidade de participar da construção do gasoduto Nord Stream. 

O projeto pode se tornar para a TNK-BP um mecanismo de monetização das reservas de gás na Península de Iamal, no norte da Sibéria. 

Os diretores da companhia declararam que vão estabelecer relações de trabalho com o consórcio Nord Stream AG, responsável pela construção e operação do gasoduto, para realizar uma análise mais detalhada das perspectivas do projeto.  

A Gazprom, proprietária de 51% da ações da Nord Stream AG, já havia comentado sobre a necessidade de construção do quarto ramal do gasoduto no dia 29 de junho. Segundo o presidente da empresa, Aleksêi Miller, um dos quatro ramais poderá chegar ao Reino Unido.

Atualmente, o gás é fornecido somente através do primeiro ramal do Nord Stream, que começou a funcionar em novembro de 2011. O segundo ramal foi concluído em abril de 2012.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.