Rússia tem filmes na competição oficial de Cannes

Festival, que começa nesta quarta-feira (16) e dura até o dia 27 tem filmes na competição oficial, no programa "Cinéfondation" e no “Short Film Corner”.

Neste ano, a Rússia leva à seleção oficial do 65° Festival de Cannes, que começa nesta quarta-feira (16) e dura até o dia 27,  o filme "V Tumane" (do russo, "No nevoeiro"). A coprodução de Rússia, Alemanha, Bielorrússia, Letônia e Países Baixos é dirigida pelo bielorrusso Serguêi Loznitsa, documentarista aclamado e vencedor de diversos prêmios em festivais internacionais de cinema. 

"V Tumane" é uma adaptação do romance do soviético Vassíli Bikov sobre um destacamento de guerrilheiros na ocupação alemã da Bielorússia durante a Segunda Guerra Mundial. O papel principal como suspeito de traição dos guerrilheiros ficou com o ator bielorrusso Vladímir Svírski.

Além de "V Tumane", a Rússia também será representada no festival com o curta-metragem "Doroga na..." (do russo, "Caminho para..."), que entrou no programa "Cinéfondation" com outros trabalhos de jovens cineastas. 

Também para o “Short Film Corner”, o país terá presença, com o curta "Piáti den noiabriá", (em português, “Quinto dia de novembro”), dirigido por Ekaterina Beliáeva. Filmado em um café em Vladivostok, cidade do extremo Oriente do país conhecida como "capital litorânea" da Rússia, o curta de Beliáeva foi rodado usando apenas atores amadores.

Apesar de o “Short Film Corner” estar fora da competição principal, o programa é considerado a melhor vitrine para o cineastas-debutantes. Somente neste ano, 1,8 mil filmes de todo o mundo foram inscritos para o programa. Desses, apenas 33 eram russos.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.