Renault-Nissan assume controle da Lada

Lada Largus Foto: RIA Nóvosti

Lada Largus Foto: RIA Nóvosti

Aliança faz investimento milionário no grupo AvtoVaz, responsável pela marca Lada, com a intenção de renovar sua frota de carros.

A corporação Russian Technologies e a aliança Renault-Nissan finalizaram as negociações sobre as condições de venda da fabricante de carros Lada, o grupo AvtoVaz.

A Renault-Nissan irá assumir 50,01% das ações da AvtoVaz por meio de uma joint-venture com a Russian Technologies e passará a ter uma participação de 67% até a metade 2014.

Ao investimento de 750 milhões de dólares feito pelo conglomerado franco-japonês, será acrescido um bilhão de dólares gastos com a compra de um pacote acionário com o poder de veto – embora fontes do jornal “Kommersant” tenham assegurado que a Russian Technologies manterá o pacote.

Em contrapartida, a Russian Technologies concordou que a AvtoVaz pague um crédito sem juros de 46 bilhões de rublos (cerca de US$ 1,5 bilhão) durante 20 a 30 anos.

No entanto, as disposições do acordo ainda podem mudar. O documento assinado na última semana não passa de um memorando de entendimento sem valor legal.

Os acertos definitivos, inclusive aquele sobre a criação de uma joint-venture, devem ser assinados até o final de 2012, desde que aprovados pelas entidades reguladoras.

Em comunicado oficial à imprensa, a aliança Renault-Nissan demonstrou interesse em atualizar a frota da empresa, embora não tenha especificado quando será realizado o processo de renovação.

O primeiro modelo a ser lançado no mercado será o Lada Largus, uma versão russa da perua derivada do Dacia Logan, cujo lançamento está previsto para julho.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.