Estudo mostra o que é luxo na Rússia

Foto: Reuters/Vostock-Photo

Foto: Reuters/Vostock-Photo

Os sociólogos do grupo Romir realizaram uma pesquisa envolvendo mil moradores de cidades russas com populações de 100 mil habitantes ou mais. De acordo com os entrevistados em 8 distritos federais do país, o iate privado é o principal símbolo de luxo para a maioria dos russos.

O estudo constatou que o principal símbolo de luxo para a maioria dos russos (53%) é o iate privado – uma espécie de paraíso, como a imagem “do russo de calças brancas no Rio de Janeiro".

Em segundo e terceiro lugar na pequena coleção dos ricos ficaram as propriedades de elite (42%) e jatos particulares (38%).

Não foram esquecidos, é claro, os carros exclusivos (30%) e a possibilidade de relaxar em ilhas exóticas (29%).

Menos da metade citou as antiguidades, pinturas e cruzeiros marítimos. As roupas de estilistas famosos e peles receberam, respectivamente, com 9% e 8% dos votos.

Apenas um em cada dez russos associa restaurantes com a palavra luxo. Em último lugar ficou o símbolo nacional, firmemente associado à "vida boa" no exterior: o caviar negro, indicado por apenas 4% dos russos.

Em relação aos país que melhor representaria o conceito de sofisticação, 33% dos russos disseram França, 23%, Estados Unidos e 21%, Reino Unido.

Gênero e idade

O ranking de objetos de luxo é um pouco diferente para homens e mulheres. Os representantes do sexo masculino, por exemplo, são mais interessados em iates (58% em comparação aos 48% para mulheres) e jatinhos particulares (42%; 34% para mulheres).

Para as mulheres, as grandes propriedades (49% para elas e 34% para eles) têm um peso maior.

Enquanto  Bentley (11%), Rolex (7%) e Dolce & Gabbana (7%) são as marcas mais famosas de bens de luxo para os russos, as russas preferem Dior (12%), Chanel (11%) e Gucci (11%).

A mesma diferença também pode ser observada entre pessoas de diferentes idades. Grande parte dos entrevistados de até 25 anos afirmaram que principal símbolo de luxo é o carro exclusivo.

Entre aqueles com mais de 50, os carros caem para a quarta ou quinta posição no ranking.

As noções sobre o custo médio de uma "vida de rico" praticamente não diferem entre homens e mulheres, mas mudam drasticamente quando as pessoas de idades diferentes discutem o assunto.

Segundo os mais jovens, uma receita mensal 650 mil rublos (em torno de 41 mil reais) por família pode ser considerada renda de luxo. As pessoas mais velhas, por sua vez, acreditam que ganhar tal quantia não é tão difícil assim e citam uma receita de 1,1 milhão de rublos (aproximadamente 70 mil reais).

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.