Arranha-céu em construção pega fogo no centro de Moscou

Foto: AP

Foto: AP

Equipe de bombeiros conseguiu evitar que as chamas se espalhassem pelos andares inferiores e prédios vizinhos.

Um incêndio nos últimos dois andares de um arranha-céu em construção no centro de Moscou foi contido pela equipe de bombeiros, informou uma fonte da polícia à agência RIA Nóvosti nesta terça-feira.

“O incêndio foi extinto por volta de meia-noite (17h00 em Brasília)”, disse. “Não houve relato de vítimas.”

O Ministério para Situações de Emergência confirmou mais tarde que o fogo havia sido controlado e não havia chances do edifício desabar.

O incêndio começou pouco antes do pôr do sol às 20h00 (13h00 em Brasília) na Torre Vostok, uma das duas que compõem o Edifício Federação. O arranha-céu de 93 andares, cuja conclusão das obras está prevista para 2013, será o prédio mais alto da Rússia.

As chamas espalharam-se sobre o 66º e 67º andares, cobrindo uma área de aproximadamente 300 metros quadrados.

O incêndio gerou um rastro de fumaça negra e espessa, visível há quilômetros de distância.

Com a chegada da noite, as chamas iluminaram o céu e podiam ser observadas no topo do edifício localizado na região conhecida como Moscow City, um moderno complexo de prédios de escritórios a cerca de um quilômetro da Casa Branca (sede do governo russo).

O incêndio foi alimentado por tapumes e outros materiais de construção presentes nos pisos superiores da estrutura inacabada e acabou espalhando-se devido ao forte vento.

Inicialmente a equipe de bombeiros subiu a pé até o 66º andar a fim de controlar o fogo com o auxílio de mangueiras, mas três helicópteros Ka-32 e um Mi-26 juntaram-se à operação para conter o avanço das labaredas. 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.