Museu carioca expõe ícones ortodoxos

Foto: PressPhoto

Foto: PressPhoto

Dezenas de ícones estão expostos ao público em uma antiga mansão no centro do Rio de Janeiro, onde no século 19 residia o Secretário de Defesa do Brasil Imperial e atualmente é propriedade da Academia Brasileira de Filosofia.


De acordo com o cônsul-geral da Rússia no Rio de Janeiro, Andrêi Budáev, é um grande prazer apresentar ao público brasileiro um dos mais valiosos patrimônios culturais e religiosos da Rússia: o ícone ortodoxo.

“Quisemos expor exemplos dos ícones mais importantes da Rússia, de São Vladímir, padroeiro da Rússia, a Santo André, o Protóclito, assim como réplicas dos ícones milagrosos de Nossa Senhora”, conta o reitor da Igreja de Santa Zinaída, Vassíli Guelevan.

A exposição, que integra  mais de 30 obras de iconografia russa, é uma realização do Consulado Geral da Federação da Rússia no Rio de Janeiro em parceria com a Igreja de Santa Mártir Zinaída (Patriarcado de Moscou) e com a Academia Brasileira de Filosofia.

Segundo os organizadores, os objetos ficarão expostos até o fim de abril, podendo permanecer por um período maior caso haja interesse do público brasileiro.

Para saber mais, confira nosso Calendário Cultural

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.