Museu carioca expõe ícones ortodoxos

Foto: PressPhoto

Foto: PressPhoto

Dezenas de ícones estão expostos ao público em uma antiga mansão no centro do Rio de Janeiro, onde no século 19 residia o Secretário de Defesa do Brasil Imperial e atualmente é propriedade da Academia Brasileira de Filosofia.


De acordo com o cônsul-geral da Rússia no Rio de Janeiro, Andrêi Budáev, é um grande prazer apresentar ao público brasileiro um dos mais valiosos patrimônios culturais e religiosos da Rússia: o ícone ortodoxo.

“Quisemos expor exemplos dos ícones mais importantes da Rússia, de São Vladímir, padroeiro da Rússia, a Santo André, o Protóclito, assim como réplicas dos ícones milagrosos de Nossa Senhora”, conta o reitor da Igreja de Santa Zinaída, Vassíli Guelevan.

A exposição, que integra  mais de 30 obras de iconografia russa, é uma realização do Consulado Geral da Federação da Rússia no Rio de Janeiro em parceria com a Igreja de Santa Mártir Zinaída (Patriarcado de Moscou) e com a Academia Brasileira de Filosofia.

Segundo os organizadores, os objetos ficarão expostos até o fim de abril, podendo permanecer por um período maior caso haja interesse do público brasileiro.

Para saber mais, confira nosso Calendário Cultural

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.