Receita com publicidade na internet ultrapassa a de publicações impressas

Ilustração: Shutterstock

Ilustração: Shutterstock

No ano passado, os investimentos publicitários na Rússia superaram o nível anterior à crise. A receita com publicidade on-line ultrapassou pela primeira vez a impressa e ficou em 2º lugar, só perdendo para anúncios televisivos.

Em 2011, os gastos com publicidade na Rússia cresceram 21% em relação a 2010, alcançando 263,4 bilhões de rublos (R$ 15,04 bilhões). Os números constam de um relatório da Associação das Agências de Comunicação da Rússia. O maior crescimento (56%) foi registrado no segmento de publicidade on-line e o menor (6%) no de jornais impressos.

Assim, a internet ultrapassou os jornais impressos, tornando-se a segunda maior mídia da Rússia em termos de receita com publicidade, com 41,8 bilhões de rublos (R$ 2,3 bilhões) contra 40,4 bilhões de rublos (R$ 2,2) arrecadados pelos jornais no último ano.

Pela primeira vez, as empresas de internet tomaram a dianteira dos jornais impressos em receitas publicitárias no terceiro trimestre do ano passado e agora estão à frente também no balanço anual. Enquanto isso, a principal mídia do país continua a ser a TV, absorvendo metade do total dos investimentos publicitários do país.

Em certa medida, a TV contribuiu para o crescimento mais rápido da publicidade on-line. “Os espaços de TV para anúncios publicitários foram comprados nos primeiros meses do ano passado, o que levou alguns grandes anunciantes a aumentar seus gastos com publicidade na internet”, diz o diretor-geral da agência AdWatch, Andrêi Chernichov. Como resultado, em alguns meses, a demanda pelos anúncios on-line ultrapassou a oferta, contribuindo para uma alta de cerca de 15% nos preços nos maiores portais.

“O volume de publicidade vendida também aumentou, devendo-se seu aumento ao crescimento contínuo do número de usuários de internet na Rússia e do tempo que estes ficam conectados”, explica o diretor comercial do portal Mail.ru Group, Aleksêi Katkov.


Para o diretor de desenvolvimento de produtos do portal Yandex, Lev Gléizer, a concentração da receita publicitária aumentou e hoje os maiores portais controlam um montante cada vez maior de investimentos publicitários na internet. Entre os maiores anunciantes estão empresas especializadas em comércio e serviços eletrônicos.

O vice-presidente de marketing do banco TCS, Oleg Aníssimov, confirmou que a empresa aumentou consideravelmente seus gastos com a publicidade on-line: “Não temos agências off-line, por isso, gastamos com a publicidade na internet mais do que em outras mídias”. 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.