Bansky a la russa

Conhecido como P183, jovem ficou famoso ao criar óculos gigantes usando poste de luz.

Crédito das fotografias: Pavel 183/Rex Features Fotodom

Conhecido apenas como P183, um artista de rua que criou óculos gigantes a partir de um poste de luz vem sendo apelidado de Banksy russo. Esse misterioso homem tem espalhado criações por Moscou, chamando atenção das pessoas que circulam pela cidade.

Na obra citada, uma das hastes do óculos é representada pelo poste e as demais partes foram desenhadas na própria neve.

“A neve caía, cobrindo a praça como um grande lençol branco. Olhando da janela de um andar superior, não pude deixar de procurar elementos para transformar as fantasias em realidade”, explicou o artista.

“No meio do pátio há um poste de luz que lembra muito a haste de um óculos. Imediatamente tomei a decisão de tornar essa ideia realidade.”

Outra obra polêmica, chamada “Incendiadores de Pontes”, retrata um manifestante segurando uma tocha e foi pintada num viaduto. Durante a noite, há fogo de verdade para acrescentar realismo ao trabalho.

“Como raramente algum de nós alcança sucesso, dinheiro, fama e relacionamentos, essa obra é dedicada àquelas pessoas que botam fogo em pontes e abandonam tudo para criar um mundo novo”, disse.

Assim como o artista britânico Banksy, P183 revela pouco sobre sua verdadeira identidade, exceto seu primeiro nome, Pavel, seus 28 anos e o fato de ter estudado “design de comunicação”.

Entre seus trabalhos, estão policiais de choque nas portas de estações de metrô, uma pilha de espaguete feita com tubos de plásticos e uma menina fantasmagórica pendurando enfeites em arame farpado.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.