Agência altera perspectiva de nota de crédito da Rússia

Foto: Reuters

Foto: Reuters

A agência de classificação de risco Fitch alterou para estável a perspectiva da nota de crédito a longo prazo da Rússia, segundo consta em um comunicado à imprensa divulgado pela agência. Na versão russa do site da Fitch, a classificação da Rússia continua “positiva”.

Seja como for, a nota de crédito permanece no mesmo nível de antes, ou seja, BBB.

Uma fonte da Fitch explicou que a agência alterou a perspectiva da classificação da Rússia devido ao aumento da indefinição política no país. Além disso, segundo a fonte, a agência não sabe como o governo russo vai reagir à onda de protestos causada pelas eleições legislativas de 4 de dezembro e constata uma piora da conjuntura internacional.

A agência Standard & Poors também mantém a nota de crédito da Rússia com classificação BBB, com perspectiva estável. No último outono, a agência comentou a crescente indefinição política no país, provocada, em seu entender, pela demissão do ministro da Fazenda, Aleksêi Kudrin,

acrescentando, contudo, que isso não deveria servir de motivo para a alteração da classificação da Rússia.

Na classificação da Fitch, a nota BBB significa uma boa capacidade de crédito do país no momento atual, que, entretanto, pode ser prejudicada por mudanças negativas na conjuntura econômica.

A alteração da perspectiva de classificação da Rússia teve como pano de fundo uma drástica redução dos créditos soberanos dos países da zona do euro. No dia 13 de janeiro, a Standard & Poors diminuiu a classificação de nove países integrantes da União Europeia, inclusive a França, uma das maiores economias do continente.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.