Hotéis de Moscou são os mais caros da Europa

Átrio do hotel Ukraina em Moscou Foto: Ruslan Sukhúchin

Átrio do hotel Ukraina em Moscou Foto: Ruslan Sukhúchin

Em relação a 2010, os preços de hotéis em Moscou subiram em 8,35%. Segunda capital mais cara é Oslo, na Noruega

Em novembro de 2011, os hotéis de Moscou se tornaram os mais caros da Europa. Essa é a conclusão de um levantamento efetuado pelo portal Hotel.info e intitulado “Barômetro dos Preços”. Em Moscou, cidade que supera em população as demais capitais europeias abrangidas pela pesquisa, os preços de hotéis subiram em 8,35%, para 7.683,69 rublos (cerca de US$ 256) por quarto, em comparação com 2010.

O segundo lugar é detido pela capital norueguesa, Oslo, onde um quarto custa cerca de US$ 238, 5,96% mais do que no mesmo mês de 2010. Em terceiro lugar ficou Londres, com uma alta de 5,62%. Em quarto e quinto lugares seguem Estocolmo e Kiev, com diárias de cerca de US$ 200 e US$ 190, respectivamente. Copenhague, Paris, Helsinque, Amsterdã e Bruxelas completam a lista das dez capitais europeias com os hotéis mais caros.

Em termos globais, a cidade mais cara do mundo é Nova York, onde o preço de um quarto subiu, desde novembro de 2010, 7,57%, alcançando cerca de US$ 290.

Entre outras grandes cidades e capitais mundiais mais caras estão Tóquio, Rio de Janeiro, Singapura, Hong Kong, Zurique, Buenos Aires e Istambul. Seul e Xangai oferecem aos turistas hotéis por um preço muito melhor. 

Originalmente publicado no site bfm.ru

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.