Especialistas russos falam sobre o escudo antimíssil europeu

Anders Fogh Rasmussen (à esq.) e Serguêi Lavrov (à dir.) Foto: Reuters

Anders Fogh Rasmussen (à esq.) e Serguêi Lavrov (à dir.) Foto: Reuters

Após a reunião do Conselho Rússia-OTAN, realizada em novembro de 2010 em Lisboa e presenciada pelo presidente Dmítri Medvédev, entre outras autoridades, a Rússia e os países da Otan se manifestaram dispostos a cooperar na construção de um sistema de defesa antimíssil europeu.

No entanto, após pouco mais de um ano, o diálogo Rússia- Otan sobre o escudo antimíssil conjunto não registrou quaisquer progressos importantes.

O que está por trás dos planos dos EUA e da Otan ao instalar na Europa um sistema de defesa antimíssil? Por que a Rússia assumiu uma posição de linha dura sobre esse assunto? Será que o mundo tem que esperar uma nova Guerra Fria?

Conheça a opinião de dois peritos militares de renome nacional que encaram a presente situação nessa área a partir de ângulos diferentes. 

Rússia lança plano de defesa antimísseis em resposta a escudo americano

Por que a Rússia é contra o escudo antimíssil americano

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.