FOX, mentiras e um vídeo errado: O que NÃO está acontecendo em Moscou

Com tantas coisas acontecendo no mundo hoje em dia, podemos ver como é fácil confundir tudo. Essas imagens de guerra são no Iraque ou no Afeganistão? Pobreza na Somália ou no Congo? E o que um programa de notícias faz se não há nenhuma imagem boa?

Produtores de todo o mundo falam com suas próprias equipes ou agências de notícia, que providenciam fontes para todos, e assim encontram as melhores fotos para a salvação de seus programas. Ou, em alguns casos, QUALQUER imagem que pareça mais ou menos similar ao tópico em questão. Milhares de pessoas têm se reunido para dar suas opiniões e protestar contra resultados de eleições. Sim, centenas têm sido presas. Por dois dias seguidos e por várias violações. Sim, há relatórios de brutalidade por parte da polícia e não, não é possível dizer agora se eles são verdadeiros. Isso realmente depende do policial, do mesmo modo que depende em qualquer outro lugar do mundo. Em Nova York, por exemplo, alguns policiais irão fingir que não viram quando você estiver filmando algo que tecnicamente não deveria; e outros irão detê-lo fora do prédio das Nações Unidas por nenhum motivo e negar os seus direitos de cidadão (sim, tudo isso já aconteceu). Os policiais em Moscou são iguais – alguns são mais legais que outros, e há quem pareça estar sempre procurando por uma briga.

Independentemente disso tudo, sim, existem os protestos. Mas isso, amigos, NÃO é o que está acontecendo em Moscou.

Uma foto do vídeo da FOX News sobre a cobertura dos protestos na Rússia

Agora, mesmo que a FOX News tenha dito para nós que isso aconteceu de fato em Moscou, como uma moscovita, um vislumbre foi o suficiente para me dizer que isso não é Moscou. Em primeiro lugar, a cabine telefônica: as nossas são de um azul-acinzentado e são poucas, raras. Na verdade, eu nem consigo me lembrar da última vez que vi uma cabine telefônica pública.

Em segundo lugar, as pessoas no fundo – o jovem casal espremido contra o prédio - estão vestidas com jeans e camisetas de manga comprida. É dezembro. É a RÚSSIA. Nenhuma pessoa lúcida iria para um comício (onde, na maioria das vezes, ficar parado na rua faz parte da atividade) de camiseta. As pessoas aqui usam roupas térmicas, casacos de ski, chapéus e luvas. Estereótipos são baseados em fatos, e todos sabem que Moscou é muito fria em dezembro.

Mas, mesmo que tudo isso não seja suficiente para convencê-lo - eu não quero que você apenas aceite minhas palavras como verdade - aqui está meu argumento final.

Zoom no letreiro do Banco Nacional da Grécia/foto do vídeo

Você pode dizer "Ei, isso é grego para mim", e você acertará em cheio. É, literalmente, grego. E que diz o letreiro? Está escrito "Banco Nacional da Grécia" em grandes e belas letras douradas. A FOX, aparentemente, não está satisfeita com os VERDADEIROS protestos na Rússia. Eles queriam um furo! Mas não houve furos, então eu suponho que eles pensaram "Bem, aqui temos policiais correndo atrás de pessoas, fogo, caos – quem na Terra poderia dizer a diferença?". Então eles pegaram vídeos de Atenas, colocaram um comentário "na Rússia" na tela e voilá, estavam com a faca e o queijo na mão.

Que infortúnio que seus programas possam ser vistos por praticamente todo o mundo, em qualquer lugar.

Eu não nutro nenhuma esperança de que o pessoal da FOX veja isso e de repente mude seus hábitos questionáveis. Mas para os espectadores, deixo um alerta: não há palmeiras nas ruas de Moscou e o nome do primeiro-ministro é soletrado "PuTin", e não "PuTTin". Para futuras referências.

Enquanto isso, o vídeo enganador foi deletado horas depois de a reportagem do canal FOX News ser severamente criticada e zombada pelo público.


Originalmente publicado no Russia Today 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.