FAB testa helicópteros russos

Mi-35M (designação brasileira: AH-2 Sabre) Foto: RIA Nóvosti

Mi-35M (designação brasileira: AH-2 Sabre) Foto: RIA Nóvosti

A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou o primeiro teste com os helicópteros de ataque russos Mi-35M (designação brasileira: AH-2 Sabre).

As aeronaves AH-2 Sabre do 8º Grupo de Aviação (GAV) do esquadrão Poti, sediado na Base Aérea de Porto Velho, chegaram ao Campo de Provas, em Cachimbo, no dia 28 de setembro. Também participaram do treinamento em Cachimbo os helicópteros H-60 Black Hawk, do 8º GAV do esquadrão Harpia.

O objetivo da ação foi a avaliação da capacidade dos helicópteros AH-2 Sabre de atingir alvos terrestres, assim como a verificação da possibilidade de cooperação entre as aeronaves de fabricação russa e americana.

A FAB pretende usar os helicópteros AH-2 Sabre para o apoio e escolta das aeronaves H-60L em operações de busca e resgate em condições de  combate e para o desembarque de unidades especiais.

Leia mais:

-“Cupuaçu voador” de volta ao Brasil

O campo de provas de Cachimbo foi escolhido para o treinamento por possuir  uma infra-estrutura necessária à realização de diversas campanhas de emprego de aeronaves em cenários que replicam situações de combate.

O contrato de compra de 12 helicópteros de ataque russos Mi-35M para a FAB foi firmado em 2008 com base nos resultados de uma licitação internacional e está orçado em 150 milhões de dólares.

Leia mais:


Brasil não confirma adiamento na aquisição de MI-35M

Os três primeiros helicópteros AH-2 Sabre foram oficialmente postos em serviço pela FAB em  17 de abril de 2010, em uma cerimônia realizada na base aérea de Porto Velho.

Até a data de hoje, o Brasil recebeu seis aeronaves russas.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.