Jogador de futebol brasileiro terá nacionalidade russa

Guilherme Marinato, goleiro do Lokomotiv de Moscou Foto: TASS

Guilherme Marinato, goleiro do Lokomotiv de Moscou Foto: TASS

O time Lokomotiv, de Moscou, apoia o desejo do jogador brasileiro de se naturalizar russo.

O jogador brasileiro Guilherme Marinato, goleiro do Lokomotiv de Moscou, poderá, em breve, assumir a nacionalidade russa e, como consequência, optar por jogar pela seleção russa de futebol.

O brasileiro joga pelo Lokomotiv desde 2007. Segundo as regras da Federação Internacional de Futebol (Fifa), um jogador com dupla nacionalidade que tenha morado e jogado cinco anos contínuos no território do país cuja nacionalidade obteve tem o direito de defender as cores da seleção nacional desse país caso não tenha sido convocado a jogar por seu país de origem.

Guilherme nunca participou de uma partida da seleção brasileira. De acordo com uma fonte do clube, o Lokomotiv e o próprio jogador não são contra essa ideia, mas Guilherme está consciente de ter poucas chances de ser convocado para o time nacional brasileiro, enquanto na Rússia há poucos goleiros de alto nível internacional. A questão da concessão da nacionalidade russa ao jogador brasileiro deve ser resolvida em pouco tempo. 

O próprio Guilherme diz que gosta muito de viver na Rússia, mas evita comentar uma eventual atuação pela seleção russa.

Guilherme atua no Lokomotiv desde 2007. De estatura alta e agilidade impressionante, o brasileiro não se tornou logo o principal goleiro do time e o clube até tentou vender seu passe.

Com a nomeação do técnico Iúri Siómin em 2009, a situação do brasileiro mudou no time e desde então Guilherme tornou-se o goleiro titular do Lokomotiv.

“Guilherme é um goleiro muito bom. Acho que ele tem condições de jogar no mais alto nível”, disse o ex-treinador do Lokomotiv, Iúri Siómin. “Quanto à possibilidade de jogar pela seleção russa, ele é quem deve decidir. Em minha opinião, a seleção russa só deve contar com os jogadores russos.”

No ano passado, Guilherme foi eleito o melhor jogador da temporada do Lokomotiv, com base nos resultados de uma votação entre os torcedores do clube, tendo participado de todas as 30 partidas da temporada e sofrido 30 gols.

Segundo o assessor de imprensa da Primeira Liga de Futebol Russa (PLFR), Sreguêi Alekseev, compete ao clube solicitar para Guilherme a nacionalidade russa. O contrato do jogador com o Lokomotiv expira no final de 2012. 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.