Microsoft revela seus ganhos na Rússia

Foto: Vostock-Photo

Foto: Vostock-Photo

A Microsoft revelou, pela primeira vez, que ganha anualmente na Rússia mais de US$ 1 bilhão, sendo a Rússia e o Brasil seus mercados mais dinâmicos entre os países emergentes.

A receita anual da Microsoft na Rússia ultrapassa US$ 1 bilhão, conforme anunciou o diretor operacional da corporação, Kevin Turner, em uma reunião com analistas. “Gostaria de atrair sua atenção para a Rússia e o Brasil. Esses dois mercados nos rendem, cada um, mais de US$ 1 bilhão por ano e estão crescendo muito rápido, mais rápido do que os outros mercados emergentes. Temos nesses países equipe fortes e estamos aumentando nossa participação nesses mercados em um ritmo muito acelerado”, disse Turner, segundo a agência de notícias Interfax. A receita total da Microsoft no ano fiscal de 2011 (encerrado em 30 de junho) totalizou US$ 70 bilhões.

A Microsoft nunca havia divulgado sua receita na Rússia em números absolutos. Segundo disse recentemente o presidente da Microsoft Rússia, Nikolai Priánishnikov, o volume de negócios da empresa no país aumentou 20% no ano fiscal de 2011. Já em 2008, a receita obtida pela Microsoft na Rússia estava na faixa de US$ 1 bilhão. Naquele mesmo ano, o diretor-geral da Corporação, Steve Ballmer, disse, em entrevista ao Kommersant, que a Rússia estava entre os três mercados estrategicamente mais importantes para a Microsoft, junto com os EUA e a China. Durante sua visita à Rússia, Ballmer prometeu que a Microsoft iria investir, nos próximos três anos, cerca de US$ 10 bilhões em projetos no território russo. Segundo ele, parte dos investimentos serão destinados aos programas de divulgação de conhecimentos básicos de informática entre a população da Rússia e de habilitação de alunos universitários em tecnologias de informação

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.