Presidente do Tatarstan visita o Brasil a trabalho

Foto: Assessoria de imprensa do presidente do Tatarstan

Foto: Assessoria de imprensa do presidente do Tatarstan

Agenda de Rustam Minnikhánov inclui reuniões com empresários e passagens pelos Estados de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Rustam Minnikhánov, presidente da república do Tatarstan, está no Brasil entre os dias 15 e 19 de agosto. Primeira vez de um governante da região aos países da América Latina, a visita pretende estabelecer e incrementar relações econômicas e culturais com autoridades dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro, além de estudar a possibilidade de investimentos no país, que vive um processo de rápido crescimento.

De acordo com Iskander Muflikhánov, diretor do departamento de Relações Exteriores de Tatarstan e auxiliar do presidente para questões internacionais, o programa da visita de Minnikhánov prevê encontros e consultas com Marcus Pratini de Moraes, membro da direção da empresa JBS e presidente do Conselho Empresarial Brasil-Rússia, com Mário Garnero, presidente da BrasilInvest, e com outras personalidades. No decorrer dos encontros, serão discutidos projetos de investimento. No Rio de Janeiro, o presidente do Tatarstan visitará o porto e o complexo industrial-logístico Aço, maior projeto infraestrutural do Brasil. Além disso, está previsto um encontro com Sérgio Cabral, governador do Rio de Janeiro.

A república do Tatarstan é filiada à Federação Russa e integra o distrito de Volga. A capital é Kazan, situada a 797 km a leste de Moscou. Tem superfície total de 67.836 km² e território que se estende por 290 km de norte a sul e por 460 km de oeste a leste. Possui uma das economias mais desenvolvidas da Rússia. Em seu território, estão registradas mais de mil organizações religiosas – as mais divulgadas são o cristianismo ortodoxo e o islamismo.

O território da região foi anexado à Rússia no século XVI, durante o reinado do czar Ivan, o Terrível. Inicialmente, chamava-se reinado de Kazan – posteriormente, passou a ser classificado como província. O território não possuía autonomia administrativa: o governador era designado diretamente pelo imperador russo. Após a Revolução de Outubro, o Tatarstan obteve autonomia como república e, com o desmoronamento da União Soviética, passou a fazer parte do atual estado russo. Desde 30 de agosto de 1990, é oficialmente denominado República do Tatarstan.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.