Ponto de partida

Essas situações ocorreram na cidade de Perm, na região central da Rússia. Todos os acontecimentos são reais. Consistem em experiências vividas por uma equipe de emergências que trabalha em um dos hospitais da cidade. Vivem como se estivessem na guerra, com a diferença que não matam ninguém, mas sim salvam vidas. Este é o ponto de partida a partir do qual dão valor aos seus cotidianos. Uma visão que deixa as coisas claras demais para serem vistas como ilusões.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.