Russian Helicopters anuncia novas parcerias no Brasil

Russian Helicopters e Qualy Group Brasil estão planejando criar um centro de treinamento, manutenção, e logística e para a frota brasileira de helicópteros Mi-34C1/Divulgação

Russian Helicopters e Qualy Group Brasil estão planejando criar um centro de treinamento, manutenção, e logística e para a frota brasileira de helicópteros Mi-34C1/Divulgação

Empresa firma contratos com operadoras privadas de helicópteros para venda de aeronaves e instalação de centros de apoio no País.

A Russian Helicopters, holding russa para o setor e parte da UIC Oboronprom, assinou uma série de contratos com os operadores de helicópteros brasileiros. Eles foram assinados na 8ª  Latin America Aero & Defence LAAD 2011, de 12 a 15 de Abril, no Rio. A empresa apresentou sua mais nova família de helicópteros para o mercado brasileiro no estande D16 pavilhão 4 do Riocentro, o centro de convenções próximo aos locais previstos da Olímpiada de 2016.

Helicópteros russos e os brasileiros do grupo do investimento do Qualy Group Brasil assinaram um acordo de cooperação. O documento prevê o fornecimento eventual de 150 helicópteros leves Mi-34C1 até 2023. Os representantes da Qualy avaliam que os modelos leves Mi-34C1 podem ser interessantes para as empresas comerciais e operadores do Estado, incluindo as participantes dos preparativos para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil.

Especialistas russos acreditam que os helicópteros Mi-34C1 também se tornarão um helicóptero esportivo popular. Além de esportes, Mi-34C1 pode ser usado para o transporte privado e corporativo, de treinamento de voo inicial, vigilância - do controle ecológico e de acompanhamento integral de funções de polícia.

Russian Helicopters e Qualy Group Brasil estão planejando criar um centro de treinamento, manutenção, e logística e para a frota brasileira de helicópteros Mi-34C1.


Outro acordo foi assinado com o operador comercial brasileira de helicópteros Táxi Aéreo Аtlas (uma subsidiária da Qualy Grupo Brasil) para a criação de um centro de apoio ao Mi-171A1 no Brasil. Este centro vai ajudar a melhorar a navegabilidade dos helicópteros russos no Brasil e estender suas horas de voo máximo, sem revisão em conformidade com os requisitos para aeronaves de asas rotativas, que são aplicados por grandes empresas brasileiras, incluindo a estatal de petróleo e gás natural Petrobras.

Além disso, outro acordo foi assinado com a operadora de helicópteros Táxi Aéreo Helipark para criar um centro de apoio para os helicópteros médios multitarefa KA-32A11BC. Especialistas da Russian Helicopters acreditam que a disponibilidade de centros de serviços e apoio no país ajudará a fornecer suporte completo para as operações de helicópteros que tenham sido entregues ou serão entregues ao abrigo de contratos futuros.

Nos bastidores da feira, a maior do gênero da América Latina, se comentava a possibilidade de um centro semelhante para a manutenção dos MI-35 M, encomendados pela Aeronáutica brasileira.

"Estamos felizes em oferecer aos nossos parceiros brasileiros helicópteros de fabricação russa com possível operação na região da América do Sul em mente," disse o presidente  da Russian Helicopters, Dmítri Petrov, pouco antes da abertura da exposição.

"Esperamos que eles avaliem as vantagens de usar os russos Mi-171A1, Ka-32A11BC, Mi-34C1 na alta temperatura e umidade. Também temos em mente as necessidades crescentes do mercado brasileiro de helicópteros de várias classes e as alterações necessárias. Estamos prontos para desenvolver a entrega e sistemas de suporte pós-venda de helicópteros da Rússia dentro de nossas parcerias," concluiu.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.