Para ministério, presente barato não é suborno

Foto:Photoxpress

Foto:Photoxpress

Os funcionários do Ministério do Desenvolvimento Econômico da Federação Russa serão proibidos de receber remuneração de terceiros por seu trabalho. A norma está prevista no projeto de “código de ética e de comportamento no serviço” do ministério.

A proibição, entretanto, não se refere a “presentes comuns, cujo valor não supere 3 mil rublos (R$ 175)”, segundo o projeto. Presentes recebidos serão propriedade federal e devem ser entregues por meio de ata ao ministério.

O código ainda orienta os funcionários do Ministério do Desenvolvimento Econômico e do Ministério da Fazenda a não usar valores em moedas que não o rublo durante suas intervenções públicas. Segundo o código, quem violar a regra pode sofrer “reprovação moral” nas reuniões da respectiva comissão departamental.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.