Os 5 casarões abandonados mais horripilantes da Rússia

Steven Spielberg poderia filmar vários filmes de suspense ‘a la russa’ aqui. Lynch ainda tem a chance de filmar sua terceira obra da série ‘Twin Peaks’ em um desses lugares. E, tenha certeza: se Freddy Krueger fosse russo, ele teria certamente vivido em uma dessas assombrosas mansões. Conheça os pontos turísticos mais atemorizantes do país esquecidos pela humanidade.

1. Aposentos abandonados em Tchukhloma

Esse edifício abandonado está localizado no meio do nada. O povoado mais próximo chama-se Tchukhloma e fica a cerca de 8 quilômetros dali. Antes uma encantadora mansão cheia de vida, essa casa foi construída em uma grande aldeia chamada Ostachevo, que acabou extinta no século 20 devido ao rápido processo de urbanização da União Soviética.

 

Foto: andrew_qzmn

O proprietário era um rico empresário de São Petersburgo, que construiu a mansão como um presente para sua segunda esposa. A casa foi construída em estilo pseudorusso – uma mistura incomum de arquitetura eslava e bizantina. Hoje em dia, parece mais uma casa do terror ao estilo russo e foi quase que completamente esquecida, exceto por um grupo de blogueiros entusiastas que vêm coletando dinheiro para reavivá-la.

Foto: andrew_qzmn

A mansão está a 550 km ao nordeste de Moscou, na região de Kostroma. Para chegar lá, é preciso pegar um trem para Galich. Saindo do terminal local, pegue um ônibus rumo a Tchukhloma. A casa fica a uma curta distância da aldeia, mas vale a pena pedir instruções de como chegar lá a um local.

2. Elevador de grãos em Tcheliábinsk

No início do século 20, esse elevador de grão foi construído nos arredores da cidade de Tcheliábinsk, nos Urais. Com a construção da ferrovia Transiberiana, a cidade se tornou uma importante estação de comércio, ligando as partes oriental e ocidental do país. Ao longo de vários anos, a cidade cresceu tanto que o elevador não estava mais localizado nos arredores, e sim na praça central da cidade.

Foto: archnest.ru

Logo após o fim da construção, esse enorme edifício de 8 andares se transformou em símbolo da cidade, assemelhando-se um arranha-céu em meio a casas residenciais de um ou dois andares. Hoje em dia, o prédio está completamente abandonado e resta apenas a parte central (e também a mais alta). O elevador está fechado para visitantes, e um novo parque de estacionamento vigiado foi unido a ele, dificultando o acesso para os curiosos.

 

Foto: segen.livejournal.com

O elevador está localizado na praça central do comércio de Tcheliábinsk (1770 km a leste de Moscou), onde é possível chegar de avião ou pela Transiberiana.

3. Maternidade-fantasma

O edifício foi construído no final do século 18 dentro do perímetro do hospital. Inicialmente, era usado para atender os combatentes da Guerra Patriótica de 1812, que lutavam contra o exército de Napoleão. Tornou-se uma maternidade na segunda metade do século 20 e foi fechado para reconstrução em 2009.

  

Foto: Lana Star

O projeto do edifício de dois andares lembra a letra russa “П”, com porão e sótão, e pé direito tem mais de cinco metros de altura. Apesar de a construção estar totalmente abandonada, ainda resta aquecimento central e o local continua bastante limpo. Blogueiros e pessoas aficionadas por locais abandonados costumam visitá-lo com frequência.

  

Foto: Lana Star

O hospital está situado na região de Vladímir, a 186 km a leste de Moscou.

4. Hotel 5 estrelas “Nothern Crown”

O edifício mofado do hotel Northern Crown, em São Petersburgo, está rodeado pelo espírito de nostalgia, assim como o hotel de Gran Budapeste no último filme de Wes Anderson – a única diferença é que ele nunca experimentou tempos de glória, mesmo quando todos os quartos estavam ocupados.

Foto: Lana Star

A construção começou em 1988 e foi conduzida por uma empresa iugoslava chamada Monteksgroexport. Era para se tornar um grande hotel 5 estrelas, com 247 quartos e 50 mil metros quadrados de cafés de luxo, espaços para recepção, corredores e terraços. A construção foi interrompida repentinamente em 1995, quando 90% do prédio estava pronto – desde então, permanece abandonado.

Diz a lenda que a má sorte do Northern Crown está de alguma forma relacionada com a morte do metropolitana de São Petersburgo, Ioann, que faleceu no espaço em 1995, durante a celebração de cinco anos do banco São Petersburgo.

O hotel fica na margem do rio Karpovka, 37, em São Petersburgo.

5. Mansão de Brusnitsin

Imperceptível para quem passa na rua, essa encantadora mansão abandonada está localizada na ilha Vassilievski, em São Petersburgo. Ela foi construída pelo peterburguense Nikolai Brusnitsin, o rico proprietário de um curtume local.

De acordo com a misteriosa história do prédio, é ali que o famoso espelho do Drácula é mantido em um esconderijo secreto entre as paredes. Reza a lenda que o espelho foi levado para lá no século 20. Logo depois que o espelho chegou à mansão, a neta do proprietário morreu subitamente.

Foto: Román Vezenin

Após a Revolução de 1917, o espelho foi levado para o Palácio da Cultura Kirov, mas, passado algum tempo, retornou à mansão. Quando outros dois moradores morreram, foi decidido esconder o espelho em um lugar secreto no interior do edifício, e até hoje ninguém o encontrou.

A mansão está localizada na rua Kojevennaia, 27, em São Petersburgo.

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.