Rafting é opção de passeio alternativo durante o verão

Aventura diária é geralmente seguida por um churrasco noturno à beira do rio Foto: ITAR-TASS

Aventura diária é geralmente seguida por um churrasco noturno à beira do rio Foto: ITAR-TASS

Se você mora na Rússia ou está apenas de passagem, vale a pena fazer uma viagem rápida à vizinha Vladímir e curtir os rios pitorescos da região.

Para quem anseia por ar livro ou é gostaria de bancar o explorador, Moscou pode parecer um beco sem saída ao longo do mês de julho. Os parques da cidade podem até ser bons substitutos, mas entre o trabalho no escritório abafado e relaxar nos bares com fumaça de cigarro, é preciso às vezes ir mais longe.

Dmítri Ogorodnikov sabe bem disso. Sua empresa “Vataga” oferece passeios de rafting em grupo pelos pitorescos rios Kliazma e Sudogda, começando da antiga cidade de Vladímir – um passeio de apenas três horas da capital de trem, ou pouco menos de duas horas no trem-bala Sapsan. Viagens de dois dias podem ser organizadas para um fim de semana ou qualquer dia útil.

“Nem todo mundo pode se permitir colocar uma mochila nas costas e desaparecer no deserto”, disse Ogorodnikov ao jornal “The Moscow News”. “Alguns só precisam de uma fuga, por isso decidimos dar uma mão.”

A "Vataga" possui três instrutores certificados uma jangada artesanal e serviço de transfer da estação ferroviária de Vladímir. “Usamos a balsa que um grupo de amigos e eu construímos para nós mesmos”, contou Ogorodnikov.

A balsa em si não é apenas para viajar ao longo dos rios, mas usada para acampar à noite ou grelhar um peixe recém-fisgado no jantar.

Apesar dos grupos de amigos serem preferência dos profissionais locais que trabalham com rafting, é também possível reservar uma excursão individual. Os preços variam de 6 mil rublos (cerca de US$ 184) por pessoa para viagens durante a semana e 7 mil por pessoa (US$ 214) nos fins de semana. Os valores incluem alimentos, equipamentos, seguro, transfer e acompanhamento de um instrutor.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow News

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.