Kalashnikov vai lançar marca própria de roupas e acessórios

Seguindo caminho de fabricantes internacionais, Kalashnikov diversifica produção

Seguindo caminho de fabricantes internacionais, Kalashnikov diversifica produção

Shutterstock/Legion Media
Para minar sanções, fabricante de armas aumentará aposta no mercado civil. Lançamento de nova linha deverá ocorrer no segundo semestre deste ano.

Um porta-voz da Kalashnikov confirmou, em entrevista à Gazeta Russa, que a empresa está trabalhando na criação de uma nova linha de roupas. Apesar de o lançamento estar previsto para outubro, os designs serão divulgados antes da data.

“Eu não entendo como é possível que não tenhamos a nossa própria marca de roupas e acessórios”, disse mais cedo Vladímir Dmitriev, diretor de marketing do Consórcio Kalashnikov, ao jornal “Izvéstia”.

“Gigantes como Caterpillar e Ferrari obtêm 10% de seus lucros graças à sua própria marca de roupa”, acrescentou Dmitriev, que acredita haver uma grande demanda por roupas e acessórios entre os clientes.

Assessoria de imprensa
Assessoria de imprensa
 
1/2
 

A entrada da empresa no mercado da moda é vista sobretudo como um passo para adaptar a estratégia de marketing às sanções impostas à empresa pelos governos dos EUA e da União Europeia.

“A Kalashnikov teve que reorientar-se para o mercado interno, após a queda das vendas nos mercados ocidentais”, afirmou o diretor de marketing do consórcio. “A busca de clientes no setor civil é, portanto, natural diante do contexto atual.”

O Consórcio Kalashnikov é o maior produtor de rifles automáticos da Rússia, respondendo por uma cota de 95% da produção nacional. Entre outros produtos destinados a civis estão rifles de caça e espingardas para fins esportivos.

Gostaria de receber as principais notícias sobre a Rússia no seu e-mail? 
Clique aqui para assinar nossa newsletter.