Feira do Livro de Havana terá participação intensa da Rússia

Cerca de 350 títulos russos serão apresentados no evento, com foco em novos escritores

Cerca de 350 títulos russos serão apresentados no evento, com foco em novos escritores

PhotoXpress
País leva quase 30 editoras, palestras e críticos de peso à capital cubana.

A 25° Feira do Livro de Havana, que se inicia nesta quinta-feira (11) e se estende até 21 de fevereiro, terá, neste ano, uma participação intensa da Rússia. Cerca de 30 editoras russas estarão presentes ao evento, com 350 títulos em espanhol e russo.

"Os visitantes da feira interessados em clássicos russos poderão ouvir o conceituado crítico Pável Bassínski, autor de 'Lev Tolstói, fuga do paraíso', sobre as páginas escondidas da vida do escritor. Já a poesia contemporânea será representada por Viatcheslav Kuprianov", lê-se em comunicado do Rospetchat (Agência Federal para Impressos e Comunicação de Massa da Rússia).

Além disso, o linguista e tradutor simultâneo Demian Petrov participará da mesa-redonda sobre a problemática das traduções contemporâneas e novos autores russos estarão no centro das atenções.

A programação russa terá ainda palestras, mesa-redonda com a participação da presidente do Instituto Cubano del Libro, Zuleika Romay, e apresentação da Feira Internacional do Livro de Moscou e do Salão do Livro de São Petersburgo.

Originalmente publicado pela agência Tass.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.