Neste dia: Rússia celebra o Dia da Bandeira Nacional

Evento em celebração à bandeira russa, em São Petersburgo

Evento em celebração à bandeira russa, em São Petersburgo

ZUMA Press/Global Look Press
As cores azul, branca e vermelha apareceram em símbolos do país ainda no século 18. Mas foi uma longa jornada antes de se tornarem parte da bandeira nacional.

O Dia da Bandeira Nacional foi criado em 1994 e, desde então, é celebrado todo ano em 22 de agosto. As cores azul, branca e vermelha apareceram em símbolos do país ainda no século 18, mas foi uma longa jornada antes de se tornarem parte da bandeira.

Não há uma interpretação oficial sobre o que representam as três cores da bandeira russa (pelo menos, não prescrito por lei). Por isso, há várias versões populares.

A explicação mais difundida se baseia na heráldica europeia, segundo a qual a cor branca simboliza a nobreza e a abertura, a azul representa a lealdade e a castidade, e a vermelha indica coragem, magnanimidade, generosidade e amor.

Acredita-se que a primeira bandeira branca, azul e vermelha tenha sido erguida durante o reinado do tsar Aleksêi Mikhailovitch no primeiro navio de guerra russo, Orel (Águia), construído entre 1667 e 1669. Já o imperador Pedro, o Grande, em 1705, pediu para colocar uma flâmula com as três cores em navios da Marinha.

A bandeira só ganhou status oficial em 1896 durante o reinado do último imperador russo Nikolai 2º. Em abril de 1918, os bolcheviques substituíram o tricolor pelo vermelho revolucionário. Em 1991, porém, a bandeira histórica retomou seu posto. 

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.