Mais alta patente militar da URSS era criada há 72 anos

Iossef Stálin em seu gabinete, com o uniforme militar de Generalíssimo da URSS

Iossef Stálin em seu gabinete, com o uniforme militar de Generalíssimo da URSS

Mary Evans Pictrure Library/Global Look Press
Título de Generalíssimo da União Soviética foi concedido a Stálin no dia seguinte, em 27 de junho. Líder soviético, porém, nunca aprovou medida para criação da patente.

A patente militar de Generalíssimo da União Soviética foi proposta e criada especificamente para Iossef Stálin em 1945, “pelo serviço excepcionalmente especial para a pátria na gestão de todas as forças armadas do Estado em tempo de guerra”.

O uniforme de Generalíssimo para Stálin foi desenhado para o desfile do Dia da Vitória, em 9 de maio, de 1947. No entanto, uma semana antes de o uniforme ser entregue ao líder soviético, Stálin expressou insatisfação com o decreto do Generalíssimo.

“Eu nunca assinarei isso. O Exército vermelho soviético só tem o Marechal como sua mais alta patente”, disse Stálin, enquanto segurava o documento. O tema da nova patente jamais foi proposto novamente.

Stálin considerou que as amostras rejeitadas de uniforme eram muito luxuosas e antiquadas. Hoje em dia, é possível encontrá-las no Museu Central da Grande Guerra Patriótica, na Colina Poklonnaya, em Moscou.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.