Galeria Tretyakov ganhará vista para o Kremlin em 2020

Tretyakov Gallery

Tretyakov Gallery

SPEECH
Ampliação de museu em Moscou prevê cenário privilegiado e exibição de acervo de ilustrações históricas.

Arquitetos de renome mundial Rem Koolhaas e Serguêi Tchoban, fundou o Museu de Desenho Arquitetônico de Berlim, estão trabalhando no projeto (Foto: SPEECH)Arquitetos de renome mundial Rem Koolhaas e Serguêi Tchoban, fundou o Museu de Desenho Arquitetônico de Berlim, estão trabalhando no projeto (Foto: SPEECH)

O edifício principal da Galeria Tretyakov, onde a família do fundador do museu, Pável Tretyakov, viveu nos anos 1850, será expandida. O projeto será uma parceria de Rem Koolhaas, ganhador do prêmio Pritzker, e do escritório SPEECH, que planejou as fachadas futuristas do novo edifício.

Acesso livre                                  

Inicialmente, o prédio, que será aberto em 2020, receberá a coleção de desenhos da Galeria Tretyakov. O projeto inclui a exposição dessas ilustrações, que geralmente não são abertas ao público devido a fragilidade e sensibilidade à luz.

Os arquitetos da SPEECH refletem a imagem do que é conhecido como “salão de exposição” na forma como arranjaram as janelas nas fachadas do novo edifício. (Foto: SPEECH)Os arquitetos da SPEECH refletem a imagem do que é conhecido como “salão de exposição” na forma como arranjaram as janelas nas fachadas do novo edifício. (Foto: SPEECH)

Segundo a diretora da Galeria Tretyakov, Zelfira Tregulova, a inspiração para o novo edifício veio do Salão de Estudo do museu Albertina, em Viena. No museu austríaco, cerca de 600.000 exposições podem ser visualizadas em terminais de computadores. Embora não seja possível replicar isso em Moscou, Tregulova está convencida da importância de promover livre acesso aos desenhos, gravuras e aquarelas.

“Aqui será concedido acesso a todos, não apenas aos historiadores da arte. É um grande esforço, mas é uma parte importante do nosso trabalho que deve ser feita”, disse Tregulova em entrevista à Gazeta Russa.

O novo edifício será aberto ao público em 2020 (Foto: SPEECH)O novo edifício será aberto ao público em 2020 (Foto: SPEECH)

O fundador da galeria, Pável Tretyakov, começou a colecionar desenhos, aquarelas e gravuras ao mesmo tempo que as pinturas. Após a revolução bolchevique, a coleção recebeu itens adicionais de outros museus e agora conta com mais de 30 mil obras que datam dos séculos 18 ao 20.

O acervo inclui desde os clássicos – como os pilotos de Karl Briullov e os “esboços bíblicos” de Aleksandr Ivanov – à vanguarda russa e à arte gráfica do universo do teatro, como os trabalhos de Aleksandr Benois e Nicholas Roerich, e ilustrações para a ópera futurista “Vitória sobre o Sol”, encenada por Kazimir Malevitch.

Mikhail Vrubel. A date of Romeo and Juliet. The Montagues and the Capulets. The death of Romeo and Juliet. The end of XIX-beginning of XX century.   Galeria Tretyakov

Mikhail Vrúbel. Encontro de Romeu e Julieta. Os Montéquios e os Capuletos. A morte de Romeu e Julieta. O fim do século 19-início do 20

Fedor Bruni. The struggle of good and evil spirits.   Galeria Tretyakov

Fiódor Bruni. A luta dos bons e maus espíritos

Mikhail Nesterov. Annunciation. 1892.  Galeria Tretyakov

Mikhail Nesterov. Anunciação. 1892.

Viktor Borisov-Musatov. Spring faity tale. 1905.   Galeria Tretyakov

Víktor Borissov-Musatov. Conto de fada de primavera. 1905. 

 
1/4
 

Além de novos serviços e um salão multifuncional, o novo edifício terá um espaço para exposições em grande escala.

Janela para Moscou

O novo prédio, no antigo bairro comercial de Zamoskvorechye, deverá ser concluído em 2019 e aberto aos visitantes no ano seguinte. A extensão será diferente da área principal da Tretyakov, que se assemelha a um palácio da Rus Kievana.

O novo edifício se assemelha a um navio com vista para o Kremlin (Foto: SPEECH)O novo edifício se assemelha a um navio com vista para o Kremlin (Foto: SPEECH)

Com formato parecido a um navio com vista para o Kremlin, o edifício funcionará como entrada principal para o complexo histórico, em torno da casa de Tretyakov.

Os planos da extensão preveem um edifício ligado às principais salas de exposição por uma galeria onde os visitantes poderão visitar exposições ou almoçar em um restaurante com vista para o Kremlin.

Segundo a diretora da Tretyakov, o espaço tem como inspiração o Salão de Estudo do museu Albertina, em Viena (Foto: SPEECH)Segundo a diretora da Tretyakov, o espaço tem como inspiração o Salão de Estudo do museu Albertina, em Viena (Foto: SPEECH)

“Esse edifício é muito importante para nós, uma vez que muita atenção está sendo dada à infraestrutura, que é quase ausente em nosso edifício histórico na rua Lavrushinsky. Deve permitir as pessoas a chegar ao museu rapidamente e tirar vantagem de todas as instalações”, diz a diretora.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?
Clique aqui para assinar nossa newsletter.