Porto Rico recebe estátua colossal de Cristóvão Colombo

Escultura em Porto Rico tem ligação com monumento na Espanha

Escultura em Porto Rico tem ligação com monumento na Espanha

Ilona Kolesnichenko / TASS
Com mais de 125 metros de altura, obra de escultor russo poderá ser avistada do oceano.

O presidente da Academia das Artes da Rússia e um dos mais conhecidos escultores do país, Zurab Tsereteli, está em Arecibo, município de Porto Rico, para estrear um dos monumentos mais altos do mundo, projetado por ele em memória do descobridor da América, Cristóvão Colombo.

“O monumento ‘Gênesis de um Novo Mundo’ tem 126 metros de altura, e a imagem de Colombo tem 25 metros de altura”, lê-se no site de Tsereteli.

“O monumento foi construído assim alto para que os navios que navegam da Europa para a América possam vê-lo bem.”

A nova escultura continua perpetua o conceito de Tsereteli sobre “Como a Europa descobriu a América”, ​​dedicado à viagem de Cristóvão Colombo.

Em 1989, para marcar o seu 500º aniversário, espanhóis e norte-americanos decidiram construir monumentos nos dois continentes, e um concurso foi anunciado. Tsereteli foi o vencedor com um projeto em duas partes.

O primeiro monumento, “Gênesis de um Novo Homem”, foi erguido na cidade espanhola de Sevilha, em 1994. Ambos os locais estão simbolicamente ligados pelo início e o ponto final da viagem.

Tsereteli, que se formou pela Academia de Ciências de Tbilisi, na Geórgia, começou a trabalhar com arte e arquitetura no final da década de 1960.  

Além de obras no território da ex-União Soviética, como a estátua de Pedro, o Grande, em Moscou, o escultor deixou sua marca em cidades do Brasil, Reino Unido, Espanha, Estados Unidos, França e Japão.

Publicado originalmente pela agência de notícias Tass

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.