5 filmes para ‘moscovizar’ o espectador

De invasão alienígena a catástrofe no metrô, seleção tem melhores ‘takes’ de cinema da capital russa

1. Metrô (2012)

Não é difícil se sentir fascinado pelo icônico sistema de metrô da capital russa. Mas se você quiser ver essas maravilhosas estações sob outro ponto de vista, assista ao filme “Metrô” – e você poderá desistir de se aventurar em qualquer sistema de trens subterrâneos novamente. Este filme catastrófico é certeiro para assustar quem tem qualquer sinal de claustrofobia.

Paisagens para notar: Radisson Royal Hotel (também conhecido como Gostínitsa Ukraína), Casa Branca, rio Moskvá, Avenida Vernádskogo, ponte Lujniki, convento Novodevitchi, estação fantasma no metrô de Moscou.

Onde assistir (em russo): Metro

2. Atração (2017)

Se você realmente quer apreciar a beleza intocada dos subúrbios moscovitas como eles são, dê uma olhada neste filme de invasão alienígena. Depois do lançamento de “Atração”, a locação das gravações - no bairro moscovita de Tchertánovo, no subúrbio sul da capital, onde poucos turistas se aventuram a ir – parece ainda mais alienígena.

Paisagens para notar: Ministério da Defesa, subúrbios de Tchertánovo.

3. Sobre o que os homens ainda falam (2011)

Uma moça dirigindo um carrão em Moscou pode passar sem ser notada, mas se ela for uma garota mimada e vingativa embarcando em uma jornada para punir um homem por um pequeno acidente de trânsito, ela passará menos despercebida.

Esta comédia segue quatro homens, um dos quais tem o destino cruzado com ela. Só para acrescentar um pouco mais de confusão, eles estão presos em um escritório de publicidade, e o marido irado da mulher está a caminho. Apesar de parte da ação acontecer a quatro paredes, há enquadramentos muito bons da capital russa. O filme é sequência do aclamado “Sobre o que os homens falam”.

Paisagens para notar: rio Moskvá e barragens, estátua de Pedro, o Grande, travessa Triokhprúdni.

Onde assistir (em russo): Sobre o que os homens ainda falam

4. Gente inadequada (2010)

Os habitantes de Moscou são a maior atração da cidade por si sós, e é isso o que mostra o diretor de “Gente inadequada” (2010), Roman Karimov. Um homem aparentemente tranquilo, mas na realidade profundamente aflito encontra algumas das personagens arquetípicas da cidade, entre elas, um malicioso e promíscuo gerente, uma criança pretensiosa, e uma estudante arrogante por quem ele se apaixona. Um grande estudo dos moscovitas, o filme desenha um retrato profundamente tocante dos moradores da cidade.

Paisagens para notar: os cômodos de apartamentos residenciais tipicamente moscovitas

Onde assistir (com legendas em inglês): Inadequate People

5. Hipsters (2008)

O cenário de subculturas pode ter saído mais despercebido na Moscou soviética que em outras grandes capitais, apesar de este musical questionar justamente isso. “Hipsters” leva os espectadores a acompanhar uma banda de jovens inconformados da capital russa nos anos 1950, quando o país era marcado por uma ordem social extremamente rígida.

Como bônus, a cena final dá um salto para a Moscou contemporânea e mostra um enquadramento incrível da rua Tverskaia, uma das principais da capital, que leva direto ao Kremlin e à Praça Vermelha.

Paisagens para notar: rua Tverskaia, Edifício Governador-Geral, Hotel Nacional, Kremlin.

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.