Brics poderão criar prêmio alternativo ao Oscar

Mikhalkov: “Queremos focar no cinema da Eurásia”

Mikhalkov: “Queremos focar no cinema da Eurásia”

Reuters
Rússia, China e Índia já firmaram acordo para criar Academia Eurasiana de Cinema. “Nosso público não tem acesso a outras produções”, diz cineasta russo vencedor do Oscar.

Um prêmio semelhante ao Oscar poderá ser instituído nos países do Brics (Brasil, Rússia, China, índia e África do Sul) por sugestão de Nikita Mikhalkov, presidente da União dos Cineastas da Rússia e vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro em 1995 pelo longa “O Sol Enganador”.

Mikhalkov apresentou a ideia durante a recente cerimônia de assinatura de um acordo de cooperação entre cineastas da Rússia e do Cazaquistão.

“Queremos focar no cinema da Eurásia, pois atualmente apenas filmes russos e norte-americanos são exibidos nas telonas, e o nosso público não tem acesso a outras produções cinematográficas, mas elas existem e fazem parte dos programas de festivais internacionais”, declarou Mikhalkov.

“Nós pensamos: por que não criar um prêmio análogo ao Oscar com os países do Brics? Existe também a ideia de criar uma Academia Eurasiana de Cinema, e já fizemos acordos preliminares com cineastas chineses e indianos", acrescentou.

Originalmente publicado pelo jornal Izvéstia

Gostaria de receber as principais notícias sobre a Rússia no seu e-mail? 
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.