“Insolação” disputa vaga para Oscar 2016

Filme de Mikhalkov saiu vitorioso em festival internacional de cinema de Xangai, em junho

Filme de Mikhalkov saiu vitorioso em festival internacional de cinema de Xangai, em junho

kinopoisk.ru
Baseado em obras de Ivan Bunin, filme retrata Terror Vermelho na URSS. Apesar da indicação pelo comitê nacional, diretor não acredita que obra será selecionada para concorrer a melhor filme de língua estrangeira no Oscar.

O longa-metragem “Insolação”, do diretor premiado Nikita Mikhalkov, é o filme selecionado entre 60 obras pelo comitê nacional para concorrer a uma vaga como representante russo do Oscar 2016. 

O filme se passa sobretudo durante o período conhecido como Terror Vermelho, após a tomada do poder pelos bolcheviques, e é baseado no conto “Insolação” e na coletânea de crônicas “Dias Malditos”, ambos de Ivan Bunin, vencedor do Nobel de Literatura em 1933.

“Fico muito grato aos meus colegas por valorizarem o intenso trabalho para realizar esse filme”, disse Mikhalkov. A ideia do longa foi concebida por Mikhalkov ainda no início dos anos 1980, mas o roteiro só começou a ser escrito em 2010.

“Quanto às chances [de vitória], pessoalmente não vejo muitas. Só posso sentir grande satisfação e alegria por saber que os meus colegas da Academia do Oscar irão assisti-lo. Talvez ele [o filme] toque algum deles”, acrescentou o diretor.

O filme estreou na Crimeia, onde se passa a história, em 4 de outubro, antes do lançamento nacional no dia 9 de outubro. Não há previsão de estreia no Brasil.

“Insolação” recebeu o prêmio de melhor roteiro original no festival internacional de cinema de Xangai, em junho passado, e de melhor filme russo no Golden Eagles Awards, realizado em Moscou no início do ano.

A cerimônia de entrega do Oscar acontecerá no dia 28 de fevereiro de 2016. O Brasil também está na disputa de uma vaga com o filme “Que Horas Ela Volta?”, estrelado por Regina Casé.

Com material da agência de notícias Tass

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.