Museu russo faz “vaquinha” para comprar obra original de Ticiano

Foto: Getty Center

Foto: Getty Center

Getty Center
Valor total deve alcançar entre US$ 10 milhões e US$ 20 milhões.

Vênus e Adônis Foto: Getty CenterVênus e Adônis Foto: Getty Center

Esta é “Vênus e Adônis”, pintura que por muito tempo foi considerada por especialistas uma cópia da famosa obra-prima do artista italiano Ticiano (1490-1576).

Museu Estadual de Belas Artes Púchkin Foto: ReutersMuseu Estadual de Belas Artes Púchkin Foto: Reuters

Este é o Museu Estadual de Belas Artes Púchkin, em Moscou, onde a pintura se encontra em exibição. Victoria Markova, especialista no período da Renascença, teve certeza de que se tratava de uma pintura original desde a primeira vez em que viu o quadro. 

Museu do Padro Foto: ReutersMuseu do Padro Foto: Reuters

Este é o Museu do Padro, em Madri, onde a pintura original se encontra. Especialistas do museu, junto com especialistas de Veneza, revelaram que a versão de “Vênus e Adônis” em Moscou é na verdade um original de Ticiano. 

Marina Lochak Foto: Olga MelekestsevaMarina Lochak Foto: Olga Melekestseva

Esta é a diretora do museu Púchkin, Marina Loshak. Ela sonha em ter “Vênus e Adônis” na coleção do museu (e já decidiu onde irá pendurar o quadro). A pintura pertence hoje a um colecionador russo, que a comprou como cópia em 2005. 

Planeta.ruPlaneta.ru

Esta é a plataforma de crowdfunding russa Planeta.ru, que provavelmente espera ser o local em que o museu Pushkin tentará reunir o dinheiro para comprar o quadro. O museu está pedindo à população da Rússia ajuda para comprar a obra, por um valor entre US$ 10 milhões e US$ 20 milhões. 

Este é um movimento sem precedentes na Rússia. 

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.